28 de novembro de 2020 Atualizado 16:58

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Droga

Dise de Limeira incinera mais de 300 quilos de drogas em Nova Odessa

Entorpecentes são apreendidos nas operações das polícias e guardas e ficam guardados por um período

Por Paula Nacasaki

23 out 2020 às 10:15 • Última atualização 23 out 2020 às 18:24

Aproximadamente 304 quilos de drogas, entre crack, maconha e cocaína, foram incinerados em Nova Odessa, na tarde desta quinta-feira (22). Além da droga, outros 46 kg de substâncias não psicoativas, que são utilizadas na preparação dos entorpecentes, também foram queimadas na ação.

Ação visa dar fim aos entorpecentes que são apreendidos nas operações das policias civil e militar e guarda municipal – Foto: Dise de Limeira / Divulgação

Os entorpecentes vieram da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) da cidade de Limeira. O nome do espaço em Nova Odessa onde ocorreu a incineração não foi divulgado.

Segundo o delegado Siddhartha Carneiro Leão, os entorpecentes que são apreendidos nas operações das polícias Civil e Militar e das guardas municipais ficam guardados por um período e depois são queimados. Em sua gestão na Dise de Limeira, a incineração ocorre a cada três ou quatro meses.

Ainda de acordo com Leão, o processo para se chegar a incineração das drogas é complexo. Neste caso da delegacia de Limeira havia entorpecentes que estavam guardados desde 2014. “É uma quantidade absurda de droga, tinha droga desde 2014”, relata o delegado.

No total, foram incinerados 262,413 kg de maconha, 37,626 kg de cocaína, 4,584 kg de crack e 46,380 kg de substâncias não psicoativas, totalizando aproximadamente 351 quilos de produtos queimados.

Publicidade