25 de novembro de 2021 Atualizado 22:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Emprego

Com aquisição de lojas do Paulistão, Savegnago vai abrir 1.040 vagas de trabalho na região

Previsão é de que as vagas sejam abertas ainda este ano, e o treinamento dos novos funcionários deve começar em janeiro

Por Maria Eduarda Gazzetta

26 out 2021 às 18:30 • Última atualização 28 out 2021 às 14:58

Em Americana, uma das unidades do Supermercado Paulistão fica na Avenida Abdo Najar, cruzamento com a Rua Dom Pedro - Foto: Google Street View - Reprodução.JPG

Após o anúncio da compra das 14 lojas do Grupo Peralta, empresa proprietária do Paulistão, a rede Savegnago Supermercados vai abrir 1.040 vagas de trabalho nas sete lojas localizadas nas cidades da RPT (Região do Polo Têxtil): Americana, Santa Bárbara d’Oeste, Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia. A empresa vai gerar ainda mais 1.460 vagas de emprego com a aquisição das lojas de Paulínia, Campinas, Limeira e Rio Claro.

As lojas em Americana ficam na Avenida Abdo Najar e na Rua Whashington Luiz, no Centro. Há ainda uma unidade na região central de Santa Bárbara d’Oeste e de Nova Odessa. Sumaré tem uma loja no Jardim Bom Retiro e no Matão, e Hortolândia no Centro.

O Savegnago informou ao LIBERAL que a abertura oficial das vagas acontece após a aprovação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), que deve se concretizar até o final de novembro. O processo de recrutamento, então, tem previsão para acontecer ainda este ano e a expectativa da empresa é que em janeiro os funcionários recrutados comecem os treinamentos nas lojas. Já a inauguração das lojas devem ocorrer em março ou abril de 2022.

As vagas serão voltadas para as funções de gerente, líderes de setores, padeiros, confeiteiros, açougueiros, caixas, repositores, motoristas, entre outros. Dentre as vagas, haverá oportunidades para pessoas com deficiência (PcD) e para aquelas também que buscam o primeiro emprego.

Com 45 anos de experiência no setor supermercadista, o Savegnago diz que a compra das lojas tem como objetivo expandir o negócio nas cidades onde não atuam e fortalecer a operação onde já estão em atividade. “Tudo isto está alinhado com o nosso objetivo estratégico de buscar liderança de mercado nas praças onde atuamos”, disse a empresa.

A rede informou que como parte do seu plano de expansão, vai abrir cinco novas lojas próprias Savegnago, resultando em outras 1.000 novas vagas. A empresa, no entanto, não divulgou em quais cidades essas lojas serão implantadas.

Negociação
O processo da aquisição do Paulistão pelo Savegnago no Cade teve início no dia 6 de outubro. O órgão deve analisar a viabilidade da compra em até 90 dias.

No documento apresentado pelo Savegnago ao conselho, a empresa resume que a operação é uma “boa oportunidade” de expandir sua atuação no setor varejista, de supermercados. Já por parte do Grupo Peralta, a venda das lojas do Paulistão deve fazer com que a empresa foque no desenvolvimento no ramo de shoppings centers.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O contrato de aquisição prevê ainda que o Paulistão não abra supermercados pelo período de cinco anos nas cidades onde o Savegnago passará a operar.

Publicidade