26 de maio de 2024 Atualizado 17:59

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ASFALTO NOVO

CCR AutoBAn vai recapear toda a extensão das rodovias dos Bandeirantes e Anhanguera

Trechos que passam por Americana e região estão inclusos em obras, que devem duras dois anos

Por Gabriel Pitor

16 de abril de 2024, às 07h52

As rodovias dos Bandeirantes (SP-348) e Anhanguera (SP-330) serão completamente recapeadas a partir de 1º de maio, segundo a CCR AutoBAn, concessionária responsável pelas vias. A expectativa é de que o serviço seja concluído em até dois anos.

Trechos que passam pela RPT também receberão as melhorias – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Os trechos que passam pela RPT (Região do Polo Têxtil) também receberão a melhoria e por isso poderão apresentar alguma lentidão, principalmente nos horários de pico.

Nos traçados atuais, a Bandeirantes passa por Santa Bárbara d’Oeste, Sumaré e Hortolândia. Por sua vez, a Anhanguera chega a Americana, Nova Odessa, Sumaré e Hortolândia.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Além dessas vias, vão passar por recapeamento a Rodovia Adalberto Panzan (SPI-102), em Campinas, e um trecho de 2 km da Rodovia Dom Gabriel Paulino Bueno Couto (SP-300), em Jundiaí. O investimento total será de R$ 1 bilhão e serão gerados 520 empregos, entre diretos e indiretos.

Ainda não está definido o cronograma de obras por região, mas a concessionária divulgou que, ao todo, 13 equipes trabalharão simultaneamente nas estradas.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Madrugada

Nos locais de maior volume de tráfego, principalmente entre São Paulo e Campinas, os trabalhos serão realizados predominantemente durante a madrugada, das 22h às 5h.

Não estão descartadas operações no período diurno. O andamento do serviço será informado tanto nos painéis das rodovias quanto nas redes da CCR AutoBAn.

“É muito importante que o motorista fique atento à sinalização de obras, respeite o limite de velocidade, principalmente nos trechos em intervenção”, atentou Keller Rodrigues, gerente de Operações da concessionária.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Aproximadamente 2,1 mil quilômetros de faixas receberão um novo tipo de pavimento feito de asfalto-borracha, que possui pó de pneu moído em sua composição – serão 1,3 milhão de pneus inservíveis aplicados – e tem se tornado comum em países europeus.

Esse modelo diminui o nível de ruído e aumenta a aderência dos pneus, além de ter maior durabilidade e resistência, podendo chegar a 14 anos de vida útil, segundo a Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos).

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade