13 de junho de 2021 Atualizado 20:24

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região

Americana e Santa Bárbara dão início a barreiras sanitárias

Ação, que prossegue até domingo, tem como objetivo reduzir a circulação de pessoas durante o feriado de Corpus Christi

Por Marina Zanaki

03 jun 2021 às 08:16 • Última atualização 03 jun 2021 às 09:44

Em Santa Bárbara d’Oeste, a barreira sanitária foi realizada na Avenida Monte Castelo - Foto: Divulgação - Prefeitura de Santa Bárbara

As cidades de Americana e Santa Bárbara d’Oeste deram início nesta quarta-feira às barreiras sanitárias nas vias de acesso aos municípios, medida definida em reunião com a Agemcamp (Agência Metropolitana de Campinas). A ação, que prossegue até domingo, tem como objetivo reduzir a circulação de pessoas durante o feriado de Corpus Christi.

Em Americana, uma barreira sanitária realizada pela Gama (Guarda Municipal de Americana) na Avenida Nossa Senhora de Fátima abordou 25 veículos, orientando sobre as medidas de segurança contra o novo coronavírus (Covid-19).

Dois funcionários da Vigilância Sanitária realizaram medição de temperatura. Foram mobilizados seis patrulheiros e três viaturas para a ação. Segundo a Gama, não houve ocorrência nos veículos abordados.

Ao longo do final de semana, haverá atendimento de reclamações sobre estabelecimentos e festas clandestinas. “As ocorrências serão acolhidas pelo telefone 153 (Gama) que, após atendimento, encaminhará à Vigilância Sanitária o boletim de ocorrência para instauração de processo administrativo. Todos os casos flagrados em descumprimento das medidas estarão sujeitos às penalidades previstas em lei”, disse a prefeitura.

Em Santa Bárbara d’Oeste, a barreira sanitária foi realizada na Avenida Monte Castelo. “O objetivo é fiscalizar a entrada de veículos vindos de outras cidades e orientar sobre as medidas protetivas contra a transmissão do coronavírus”, explicou a prefeitura. O município também disse que vai intensificar a fiscalização na cidade, em estabelecimentos, chácaras e praças para evitar aglomerações.

“É importante que as medidas de segurança continuem sendo cumpridas. É recomendável, se possível, ficar em casa, garantir o isolamento social, usar máscara, lavar as mãos com frequência e usar álcool gel”, orientou a administração municipal. Denúncias podem ser feitas pelo 153 e 3458-1388.

Publicidade