12 de junho de 2024 Atualizado 22:46

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SAÚDE

Com 521 casos de dengue em 2024, Nova Odessa declara situação de emergência

Município é o primeiro da RPT a tomar medida; prefeitura fica apta para recursos disponibilizados emergencialmente

Por Rodrigo Alonso

15 de março de 2024, às 17h13 • Última atualização em 16 de março de 2024, às 08h34

A Prefeitura de Nova Odessa declarou situação de emergência e estado de alerta epidemiológico devido à dengue. O decreto foi publicado pela administração nesta sexta-feira (15). O Executivo aponta que o “alto número” de casos registrados neste ano – 521 até quinta – caracteriza como epidemia.

Ação realizada em Nova Odessa para combater a dengue – Foto: Prefeitura de Nova Odessa/Divulgação

Nova Odessa é o primeiro município da RPT (Região do Polo Têxtil) a tomar essa medida. A prefeitura diz que, ao declarar situação de emergência, a cidade fica apta a captar recursos federais e estaduais disponibilizados emergencialmente para o tratamento e cuidados médicos com pacientes sintomáticos.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Além disso, a situação de emergência autoriza a prefeitura a adotar todas as medidas administrativas necessárias à contenção de arboviroses, em especial a aquisição de insumos e materiais, a doação e a cessão de equipamentos e bens e a contratação de serviços”, afirma.

O Executivo fala em incrementar ações complementares ao que já vem sendo feito para “preservar a saúde da população, por meio da contenção à propagação de arboviroses, em especial da dengue, chikungunya e zica”- doenças cujos vírus são transmitidos pelo mesmo mosquito, o Aedes aegypti.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Segundo a administração, o decreto se baseia no Plano de Ação Para Situação de Emergência em Saúde Pública Devido à Epidemia de Dengue, elaborado nesta semana pela equipe técnica da Secretaria Municipal de Saúde.

Ainda de acordo com a prefeitura, a decisão leva em conta as condições climáticas no período atual, de calor e chuvas, que favorecem a proliferação do mosquito transmissor da dengue, “podendo extrapolar ainda mais o já elevado número de casos registrados e a disseminação da doença”.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

“A Lei Federal nº 13.301, de 27 de junho de 2016, traz a possibilidade de, em se tratando de situação de iminente perigo à saúde pública pela presença do mosquito transmissor do vírus da dengue, do vírus chikungunya e do vírus da zika, a autoridade máxima do SUS (Sistema Único de Saúde) de âmbito municipal, determinar e executar as medidas necessárias ao controle das doenças causadas pelos referidos vírus”, justificou o prefeito Leitinho (PSD).

Neste sábado, os municípios da RMC (Região Metropolitana de Campinas), inclusive os da RPT, farão um mutirão metropolitano contra a dengue.

Em Nova Odessa, o foco será o bairro Jardim Santa Rita 1. Os agentes e voluntários estarão identificados com camisetas. A ação ocorre das 8h ao meio-dia, em 23 quadras, e abrange 663 imóveis.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade