20 de Maio de 2020 Atualizado 10:54

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Hortolândia confirma 13ª morte pela Covid-19

Paciente era um homem de 57 anos que estava internado na Unicamp; ele morreu no dia 14 de maio

Por Marina Zanaki

20 Maio 2020 às 10:49 • Última atualização 20 Maio 2020 às 10:54

A Prefeitura de Hortolândia confirmou, na noite desta terça-feira (19), a 13ª morte provocada pelo novo coronavírus (Covid-19). Com esse óbito, a RPT (Região do Polo Têxtil) chega a 25 vítimas fatais da doença.

O paciente era um homem de 57 anos que estava internado no HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp. Ele morreu no dia 14 de maio e o resultado positivo para coronavírus foi recebido pela prefeitura na segunda-feira (18).

Segundo o município, ele começou a apresentar os sintomas no dia 20 de abril, foi internado no dia 22 e houve coleta de material para exame no dia 23. O homem sofria de outras comorbidades.

“É com pesar e tristeza que informamos a 13ª morte por coronavírus em Hortolândia. Prestamos nossa solidariedade e nossos sentimentos à família e amigos”, divulgou a prefeitura.

“Nosso Comitê de Prevenção e Enfrentamento à Pandemia do Coronavírus atua diariamente para evitar o crescimento agressivo do contágio do Covid-19 e proteger a vida das famílias em nosso município”, finalizou o governo municipal.

A cidade tem 118 casos confirmados, dos quais 85 estão curados; 13 morreram; um está internado na unidade respiratória da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Nova Hortolândia, em enfermaria; um está internado na enfermaria do Hospital Municipal Mário Covas; e 10 internados em UTI fora do município.

UTI
A Prefeitura de Hortolândia inaugurou, na segunda-feira, a primeira ala de UTI do Hospital Municipal de Maternidade Mário Covas.

A cidade passou a contar com 10 leitos para atendimento de casos de alta complexidade. Um deles é adaptado para pacientes que tenham várias patologias associadas e precisem de isolamento total.

Segundo a prefeitura, cada leito é equipado com monitor multiparâmetro, bomba de infusão e ventilador mecânico (fundamental para o atendimento de pacientes com síndrome respiratória aguda grave, SRAG, provocada pelo Coronavírus).