27 de fevereiro de 2021 Atualizado 11:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Hortolândia alcança 214 mortes por coronavírus

Foram confirmadas 85 novas infecções e o município chegou a 7.868 casos desde o início da pandemia

Por Marina Zanaki

02 fev 2021 às 17:17 • Última atualização 02 fev 2021 às 17:18

Hortolândia confirmou nesta terça-feira mais três mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) e contabiliza agora 214 vidas perdidas pela pandemia.

Uma das vítimas era um homem de 41 anos, com comorbidades. Ele foi internado no Hospital Ouro Verde, em Campinas, em 9 de janeiro. O paciente permaneceu na unidade de saúde até seu falecimento, no dia 31.

Uma mulher de 97 anos, também com comorbidades, teve coronavírus como a causa da morte. Ela estava internada no Hospital Mário Gatti, em Campinas, desde 20 de janeiro. O falecimento ocorreu no dia 29 do mês passado.

A terceira morte foi de uma mulher de 63 anos, com problemas agravantes, que morreu no dia 31 de janeiro. Ela estava internada desde 25 de janeiro no Hospital Beneficência Portuguesa, em Campinas.

Foram confirmadas 85 novas infecções no boletim desta terça-feira e Hortolândia registra no total 7.868 moradores que contraíram o coronavírus. Desse total, 7.569 estão recuperados, 57 estão em casa e 28 estão internados.

Há ainda 13 pacientes internados com suspeita para a doença e 657 pessoas que aguardam resultado do exame para detectar Covid-19.

VACINAÇÃO
A Prefeitura de Hortolândia iniciou na segunda-feira a imunização contra a Covid-19 para os profissionais da rede particular de saúde que fizeram o pré-cadastro no site da administração municipal.

A previsão da Secretaria de Saúde é de que nesta primeira semana sejam imunizadas em torno de 270 pessoas por dia. De acordo com a Secretaria de Saúde, 1.100 profissionais haviam se cadastrado até a última sexta-feira (29).

A vacinação é realizada no Centro de Convivência da Melhor Idade. De acordo com a Secretaria de Saúde, a imunização é feita em grupos de 30 a 40 pessoas por hora para evitar aglomeração, seguindo os protocolos sanitários de distanciamento e uso obrigatório de máscara.

Publicidade