23 de julho de 2021 Atualizado 23:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Pandemia

Hortolândia adia para junho retorno das aulas presenciais na rede municipal

Volta às aulas em sistema híbrido estava prevista para o dia 3 de maio, mas retorno foi adiado para 14 de junho

Por Heitor Carvalho

26 abr 2021 às 16:27

A Prefeitura de Hortolândia adiou para o dia 14 de junho o retorno às aulas presenciais na rede municipal de educação, o que anteriormente estava previsto para o início de maio. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Município na última sexta-feira (23).

Segundo a prefeitura, a medida foi tomada “em razão do combate e prevenção a novos casos” da pandemia do novo coronavírus (Covid-19) na região.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

A determinação é válida para os alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental, da Educação Integral I e da EJA (Educação de Jovens e Adultos) das 58 unidades escolares próprias, bem como para os alunos das escolas conveniadas.

Materiais de ensino podem ser acessados online e, também, baixados para estudos offline – Foto: Prefeitura de Hortolândia / Divulgação

Dessa maneira, as aulas na rede municipal continuam de maneira remota, via postagem de atividades pedagógicas no espaço “Educação na Rede”. Os materiais de ensino podem ser acessados online e, também, baixados para estudos offline.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O retorno às aulas presenciais estava previsto para a próxima segunda-feira (3), “se as condições sanitárias permitissem”. A partir de então, seria implementado o modelo de aprendizagem híbrida, que combina ensino online com atividades presenciais.

No entanto, um segundo adiamento foi decidido para, segundo a prefeitura, “garantir a segurança de alunos, pais e profissionais da educação”, deslocando o recomeço para o dia 14 de junho.

A partir do dia 7 de junho, está previsto o planejamento de retomada presencial com as equipes de todas as unidades escolares da rede municipal, assim como das escolas conveniadas no Programa Bolsa Creche.

Em Hortolândia, a vacinação dos profissionais da educação, tanto da rede pública, quanto da privada, está na fase inicial, beneficiando os que têm 47 anos ou mais e atuam na educação infantil ou ensino médio. A rede municipal conta, atualmente, com cerca de 26 mil alunos e dois mil profissionais da educação.

Séries, filmes, games, quadrinhos: conheça o Estúdio 52.

“A escola é um organismo vivo, com grande circulação de pessoas e, mesmo em regime de revezamento, com capacidade reduzida de alunos e ocupação menor de 35%, é arriscado”, afirmou o secretário de Educação, Ciência e Tecnologia, Fernando Moraes.

“Estamos observando as informações que os órgãos oficiais de saúde e as autoridades sanitárias nos apresentam e entendemos que não é o momento ainda dessa retomada presencial”, concluiu.

O Ivan Maia está sempre Virando a Chave e quer te ajudar a fazer o mesmo em seu blog no LIBERAL.

Publicidade