24 de janeiro de 2022 Atualizado 07:44

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Prisão

Após ‘saidinha’, 74 detentos não voltam para prisões de Hortolândia e Sumaré

Ao todo, 1.918 presos do regime semiaberto haviam recebido o benefício para as festas de fim de ano

Por Rodrigo Alonso

13 jan 2022 às 08:58 • Última atualização 13 jan 2022 às 09:04

Beneficiados pela saída temporária de fim de ano, 74 detentos ainda não retornaram aos presídios da RPT (Região do Polo Têxtil). Eles deveriam ter voltado para as unidades de Hortolândia e Sumaré, no dia 3, mas seguem nas ruas.

Ao todo, 1.918 presos do regime semiaberto haviam recebido o benefício. Eles deixaram as prisões em 23 de dezembro. A maioria é do CPP (Centro de Progressão Penitenciária) de Hortolândia, onde 57 dos 1.495 contemplados não voltaram.

Na mesma cidade, houve a liberação de 163 presos da Penitenciária 2, dos quais 13 continuam nas ruas. Na Penitenciária 2, de 114, apenas um ainda não retornou.

Outros 146 tiveram direito à “saidinha” no Centro de Ressocialização de Sumaré. Desses, três permanecem fora da unidade. Os números foram informados pela SAP (Secretaria da Administração Penitenciária).

A pasta ressalta que “as saídas temporárias são benefícios previstos na Lei de Execução Penal e com as datas reguladas, no Estado de São Paulo”. Detentos que não retornam à unidade passam a ser considerados foragidos, perdem o benefício da saída temporária e, quando recapturados, são conduzidos para o regime fechado.

Publicidade