16 de abril de 2024 Atualizado 08:04

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Estelionato

DIG prende três por tentativa de venda de imóvel sem autorização em Americana

Trio foi detido em uma imobiliária no Jardim Girassol; comprador desconfiou do golpe e acionou a Polícia Civil

Por Ana Carolina Leal

06 de fevereiro de 2024, às 20h22 • Última atualização em 06 de fevereiro de 2024, às 20h24

Policiais da DIG (Delegacia de Investigações Gerais) de Americana prenderam em flagrante um empresário de 42 anos e dois auxiliares administrativos, de 24 e 43 anos, por estelionato, associação criminosa e porte ilegal de arma de fogo de calibre restrito. A prisão aconteceu na última segunda-feira (5) em uma imobiliária no Jardim Girassol, mas o caso só foi divulgado na tarde desta terça-feira (6).

O flagrante aconteceu depois que a DIG foi contatada por uma pessoa que acreditava estar prestes a cair em um golpe. A vítima, que havia anunciado um veículo para venda com o objetivo de utilizar os recursos na compra de um imóvel na região, desconfiou das negociações ao perceber inconsistências durante o processo.

Arma e munições apreendidas pela DIG – Foto: DIG de Americana / Divulgação

A vítima, então, procurou o proprietário do imóvel, cujo nome constava na escritura cartorária, para ter certeza da autenticidade da negociação. Ao entrar em contato com o verdadeiro dono do imóvel, tomou ciência de que ele não sabia nada sobre a transação em andamento, bem como foi informada que o valor repassado para ela estava bem abaixo do preço de mercado.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Mesmo assim, a vítima compareceu à imobiliária para assinatura do contrato, momento em que se deu conta de que o nome do vendedor não era o mesmo que havia se apresentado durante as negociações. Sem que o suposto vendedor percebesse, ela entrou em contato com a DIG, que imediatamente se dirigiu ao local.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Os policiais conseguiram abordar os suspeitos durante a elaboração do contrato. No local, foram detidos dois funcionários da imobiliária e um terceiro indivíduo, que se apresentou como corretor, sendo encontrado com este último uma pistola calibre 9 mm.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Após investigações, constatou-se que os envolvidos estão ligados a dezenas de outros crimes de estelionato, com o líder do grupo vendendo imóveis sem autorização e lesando diversas vítimas.

Os três suspeitos foram encaminhados à sede da DIG, onde a autoridade policial ratificou a voz de prisão em flagrante. Posteriormente, foram conduzidos à Cadeia Pública de Sumaré, onde permaneceram à disposição da Justiça.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade