03 de março de 2021 Atualizado 17:06

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

IGUALDADE

Projeto da Prefeitura de Campinas fica em 4º lugar em programa nacional

Município se destacou com a iniciativa "Ações Afirmativas no Serviço Público: Uma Urgência"

Por Milton Paes

09 fev 2021 às 13:56 • Última atualização 09 fev 2021 às 14:08

Um projeto da Prefeitura de Campinas conquistou o quarto lugar no “Desafio Liderança Públicas Negras”, organizado pela Catálise Social em parceria com Arapyaú, Humanize, Fundação Lemann e República.org. A escolha foi feita através de voto popular.

A cidade se destacou com o projeto “Ações Afirmativas no Serviço Público: Uma Urgência”.

A iniciativa apresentada por Campinas foi o processo de ampliação e fortalecimento das políticas públicas de igualdade racial, que envolveu a instituição da Lei de Cotas para negros, a elaboração do Plano Municipal de Igualdade Racial e a implementação do Museu da Paz.

A secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas de Campinas, Eliane Jocelaine Pereira – Foto: Carlos Bassan / Prefeitura de Campinas

O Desafio Lideranças Públicas Negras tem por objetivo evidenciar iniciativas em todo o território nacional que geram oportunidades em posições de liderança para profissionais negros no setor público.

O desafio visa também propor soluções governamentais com recorte racial para o combate efetivo das desigualdades e do racismo estrutural.

A secretária de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas de Campinas, que já foi secretária de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos na administração passada, Eliane Jocelaine Pereira, representou a Prefeitura de Campinas no evento.

“Agradeço imensamente às centenas de pessoas que concederam seu voto e auxiliaram na ampliação da visibilidade do trabalho realizado em Campinas nos últimos anos. Inúmeras pessoas fizeram parte, direta ou indiretamente, deste processo, e devem sentir-se parte deste reconhecimento que é feito à política pública de igualdade racial em Campinas” disse.

O projeto “Ações Afirmativas no Serviço Público: Uma Urgência” foi desenvolvido com a participação de várias secretarias e parcerias e engloba uma série de programas e políticas implementadas na Prefeitura de Campinas nos últimos anos.

“Para a continuidade deste trabalho, a meta é a aplicabilidade ampla da Lei de Cotas nos próximos concursos públicos do município e também a criação de um Comitê Permanente de Políticas Afirmativas no âmbito da Administração Municipal, com o objetivo de implementar políticas de inclusão, proteção, reconhecimento e estímulo aos servidores negros, mulheres e pessoas com deficiência e elaboração de estratégicas que estimulem a maior participação desses servidores em cargos de liderança.” completou a secretária.

Publicidade