Sistema de seguro-desemprego fica fora do ar no PAT

Software usado em Posto de Atendimento expirou e a previsão é de que serviço volte ao normal na próxima semana; orientação é procurar cidades vizinhas


Foto: Marcelo Rocha - O Liberal.JPG
Pedidos de seguro-desemprego estão suspensos no PAT de Americana

O PAT (Posto de Atendimento ao Trabalhador) de Americana deixou de receber pedidos de seguro-desemprego na segunda-feira. Cerca de 30 pessoas pedem o benefício por dia, em média, segundo a prefeitura.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico diz que a previsão é normalizar a situação no começo da semana que vem. A orientação é que, por enquanto, os moradores procurem o atendimento em cidades vizinhas.

De acordo com a prefeitura, que administra o PAT, a unidade está sem acesso ao sistema do seguro-desemprego. “Já foram tomadas as devidas providências e o posto está aguardando soluções da Secretaria Estadual do Emprego e Relações do Trabalho (Sert) [atualmente Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico]”.

A secretaria estadual informou que o software possui validade de um ano e a solicitação de revalidação tem de ser feita antes do fim desse prazo. De acordo com o governo do estado, a o PAT de Americana fez o pedido após o vencimento, o que gerou o transtorno.

“Entramos em contato com a equipe responsável pela atualização e o prazo para a normalização do software do PAT está previsto para o início da próxima semana.”

Ouça o “Além da Capa”, um podcast do LIBERAL

A prefeitura nega. De acordo com a assessoria de imprensa da administração, técnicos do PAT tentaram fazer a revalidação um mês antes de vencer o prazo, e também um dia antes. “[…] mas sempre que tentavam recebiam uma mensagem que a operação não era possível naquele momento porque o software ainda estava dentro do prazo de vigência”, informou a prefeitura, em nota.

O programa venceu na sexta e, na segunda, os técnicos conseguiram fazer a revalidação, transmitiram a informação ao Estado e aguardam a liberação, diz a prefeitura.

Questionada sobre a resposta da prefeitura, a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Econômico informou que, caso o usuário não consiga fazer a liberação do software na máquina, a orientação é que ele entre em contato com o suporte de TI, que realizará a operação.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora