26 de fevereiro de 2021 Atualizado 01:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Proctologista

Sem especialista na área, doméstica aguarda consulta há 3 anos em Americana

Americana não possui proctologista e paciente espera por surgimento de vaga em algum outro município para ser atendida

Por Marina Zanaki

20 fev 2021 às 07:44

A doméstica Eliane Silva Ramos, 37, aguarda há três anos por uma consulta com um especialista que a rede municipal de saúde de Americana não possui. A moradora precisa passar com um proctologista em função de hemorroidas.

Desde que recebeu o encaminhamento há três anos no posto de saúde do Mathiensen, ela nunca foi chamada e seu quadro piorou. Os remédios não estão mais resolvendo as infecções e Eliane foi informada que precisa realizar cirurgia.

Paciente procurou Núcleo de Especialidades por uma data para ser consultada na cidade – Foto: Ernesto Rodrigues / O Liberal

Diante da demora, ela passou novamente com um clínico geral no posto do Jardim Ipiranga em novembro do ano passado, que confirmou a necessidade de cirurgia e fez novo encaminhamento para proctologista.

Sem receber nenhuma informação desde então, Eliane cobrou esta semana do Núcleo de Especialidades uma data para a consulta, mas foi informada que aguarda o surgimento de uma vaga em outro município.

“Desde que passei no clínico, ele falou que preciso de cirurgia. Cheguei a passar no particular, mas não tenho condições de pagar por cirurgia, meu marido está desempregado e pagamos aluguel. Estou sofrendo muito, acho um absurdo não ter esse especialista em Americana”, disse a doméstica.

A falta de especialistas em Americana atinge outras áreas. O esposo de Eliane aguardava há pelo menos cinco meses uma consulta com dermatologista por suspeita de câncer de pele.

Após a reportagem questionar a prefeitura e a Secretaria de Estado da Saúde, ele foi informado que o atendimento foi agendado para o dia 25 de fevereiro na AME (Ambulatório Médico de Especialidades) de Campinas.

A Secretaria de Saúde de Americana reconheceu que o município não conta com proctologista. A pasta justificou que realizou duas tentativas de contar com profissional da área por meio de chamamentos do programa Saúde Já, realizado na gestão passada, mas sem sucesso.

“Para este ano, a Secretaria irá promover novos chamamentos de especialistas em geral, na perspectiva de contratar esses profissionais e dar vazão à fila de espera”, disse a pasta, sem especificar quantas pessoas aguardam atendimento com proctologista.

Enquanto isso, o encaminhamento de Eliane foi levado para Cross (Central de Regulação de Ofertas de Serviços de Saúde), para que seja atendida em outra cidade.

A Secretaria de Saúde de Americana informou a data da inserção do pedido no sistema estadual e o número do protocolo, mas o estado disse que “não consta nenhuma marcação” para a paciente em questão.

“Cabe reiterar que os municípios possuem autonomia para agendar os pacientes e definir os casos prioritários”, informou a Secretaria de Estado da Saúde.

Publicidade