16 de abril de 2024 Atualizado 07:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

RECURSO

Rodoviária de Americana terá R$ 1,5 milhão para reforma

Repasse será feito pelo governo estadual e tem intermédio da vereadora Nathalia Camargo; ideia é realizar uma modernização

Por Rodrigo Alonso

13 de maio de 2022, às 07h22

Americana vai receber R$ 1,5 milhão para a realização de uma reforma no Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti. O repasse será feito pelo governo estadual e tem intermédio da vereadora Nathalia Camargo (Avante).

A informação foi divulgada pela parlamentar nesta quinta e confirmada pela prefeitura. Segundo Nathalia, a ideia é realizar uma obra de modernização.

“A rodoviária recebe diariamente um fluxo de pessoas muito grande e não está em boas condições estruturais. Fico muito feliz em ter conseguido essa verba para a reforma e modernização da rodoviária. Mais uma boa notícia para a cidade de Americana”, afirmou.

Ela disse ter solicitado o recurso no último dia 4, junto ao secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Rubens Cury, em São Paulo.

Segundo a prefeitura, chegada da verba ainda depende de trâmites burocráticos, que já estão em andamento – Foto: Arquivo / O Liberal

A vereadora esteve na sede da pasta acompanhada de João Jorge (PSDB), vereador de São Paulo; do presidente do Avante em Americana, José Odecio; e de Israel Alexandre (PSDB), pré-candidato a deputado estadual. Eles também estiveram na Casa Civil, onde trataram de questões técnicas da liberação do dinheiro.

De acordo com a prefeitura, a chegada da verba ao município ainda depende de trâmites burocráticos, que já estão em andamento.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Foi liberado no sistema do Governo do Estado para que o município faça o cadastramento do pedido e, agora, está em processo administrativo de viabilização. Após essa etapa, o termo de convênio será assinado e, posteriormente, aberto processo licitatório”, comunicou.

Segurança. Conforme o LIBERAL noticiou em dezembro de 2021, donos de lojas e lanchonetes da rodoviária demonstravam preocupação quanto à segurança no local.

A falta de vigias havia gerado aumento nos casos de furtos e roubos nos estabelecimentos comerciais e favorecido a prostituição no banheiro masculino, segundo relatos ouvidos pela reportagem.

À época, o Executivo informou que pretendia instalar câmeras na rodoviária, mas que dependia de recursos. A administração também planejava um espaço fixo para a presença de guardas no local.

Publicidade