19 de maio de 2022 Atualizado 00:19

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

RECURSO

Rodoviária de Americana terá R$ 1,5 milhão para reforma

Repasse será feito pelo governo estadual e tem intermédio da vereadora Nathalia Camargo; ideia é realizar uma modernização

Por Rodrigo Alonso

13 Maio 2022, às 07h22

Americana vai receber R$ 1,5 milhão para a realização de uma reforma no Terminal Rodoviário Francisco Luiz Bendilatti. O repasse será feito pelo governo estadual e tem intermédio da vereadora Nathalia Camargo (Avante).

A informação foi divulgada pela parlamentar nesta quinta e confirmada pela prefeitura. Segundo Nathalia, a ideia é realizar uma obra de modernização.

“A rodoviária recebe diariamente um fluxo de pessoas muito grande e não está em boas condições estruturais. Fico muito feliz em ter conseguido essa verba para a reforma e modernização da rodoviária. Mais uma boa notícia para a cidade de Americana”, afirmou.

Ela disse ter solicitado o recurso no último dia 4, junto ao secretário de Desenvolvimento Regional do Estado, Rubens Cury, em São Paulo.

Segundo a prefeitura, chegada da verba ainda depende de trâmites burocráticos, que já estão em andamento – Foto: Arquivo / O Liberal

A vereadora esteve na sede da pasta acompanhada de João Jorge (PSDB), vereador de São Paulo; do presidente do Avante em Americana, José Odecio; e de Israel Alexandre (PSDB), pré-candidato a deputado estadual. Eles também estiveram na Casa Civil, onde trataram de questões técnicas da liberação do dinheiro.

De acordo com a prefeitura, a chegada da verba ao município ainda depende de trâmites burocráticos, que já estão em andamento.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

“Foi liberado no sistema do Governo do Estado para que o município faça o cadastramento do pedido e, agora, está em processo administrativo de viabilização. Após essa etapa, o termo de convênio será assinado e, posteriormente, aberto processo licitatório”, comunicou.

Segurança. Conforme o LIBERAL noticiou em dezembro de 2021, donos de lojas e lanchonetes da rodoviária demonstravam preocupação quanto à segurança no local.

A falta de vigias havia gerado aumento nos casos de furtos e roubos nos estabelecimentos comerciais e favorecido a prostituição no banheiro masculino, segundo relatos ouvidos pela reportagem.

À época, o Executivo informou que pretendia instalar câmeras na rodoviária, mas que dependia de recursos. A administração também planejava um espaço fixo para a presença de guardas no local.

Publicidade