15 de junho de 2024 Atualizado 17:54

Notícias em Americana e região

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

ECONOMIA LOCAL

Rede de mercados Oxxo irá abrir sua primeira unidade em Americana

Em obras, unidade vai funcionar na região central da cidade

Por João Colosalle

06 de junho de 2024, às 07h42

A rede de mercados Oxxo, espécie de loja de conveniência “turbinada” e uma das maiores varejistas do mundo, terá sua primeira unidade em Americana. A nova loja ficará na esquina das ruas Fernando Camargo e Rui Barbosa, no Centro, onde antes funcionava uma farmácia.

Segundo a assessoria de imprensa da marca, a previsão é de que ela seja inaugurada ainda em junho. O valor investido não foi revelado. Também não foi informado se a unidade terá funcionamento 24h, como ocorre em outras cidades.

Americana se tornou parte dos planos de expansão da rede, que atua com a proposta de ser um mercado próximo dos moradores, de bairro, e já inaugurou mais de 500 lojas no Brasil desde 2020 e avança pelo Estado de São Paulo.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Nesta quarta, operários trabalhavam nas obras do imóvel onde o mercado funcionará. O local é pequeno, tal como outras unidades da rede, mas localizado em um dos trechos mais movimentados da região central de Americana. A loja destaca na fachada uma dúvida comum dos clientes: como se pronuncia o nome da Oxxo – “ó-qui-sô”.

Unidade da Oxxo ficará na esquinas das ruas Fernando Camargo e Rui Barbosa, no Centro – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

Origem

A marca tem origem no México, onde foi fundada em 1978 como loja de conveniência. Desde então, ela se espalhou pela América Latina, onde tem cerca de 20 mil lojas.

No Brasil, a Oxxo é propriedade do Grupo Nós, uma joint-venture entre a Raízen e a FEMSA Comércio. A primeira unidade no País foi inaugurada em 2020, em Campinas.

📲 Entre no grupo de WhatsApp do LIBERAL com informações sobre quermesses em Americana e região

Quando foi lançada no Brasil, a rede divulgou que chegava ao País “para atender às necessidades dos consumidores brasileiros, com serviços e produtos de qualidade para reposição diária e a praticidade de endereços próximos a suas casas e em locais de grande circulação, como arredores de estações de metrô e terminais de ônibus”.

Publicidade