25 de maio de 2022 Atualizado 01:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Reajuste da conta de água deve ser próximo da inflação, diz Chico Sardelli

Na Região, Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré já anunciaram reajuste na tarifa de água

Por Ana Carolina Leal

25 Janeiro 2022, às 19h28 • Última atualização 25 Janeiro 2022, às 19h31

Sindicato não conseguiu entrar em acordo com prefeito Chico Sardelli - Foto: Marcelo Rocha / O Liberal.JPG

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PV), afirmou em entrevista ao LIBERAL nesta terça-feira (25) que o reajuste da tarifa de água deve ser próximo da inflação. O aumento será discutido em uma reunião na próxima sexta-feira.

O índice brasileiro que mede a prévia da inflação, o IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), fechou 2021 em 10,42%.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na RPT (Região do Polo Têxtil), Santa Bárbara d’Oeste e Sumaré já anunciaram reajuste na tarifa de água. No município barbarense o aumento será de 9,85%. Os valores, que estão congelados desde 2019, serão corrigidos a partir de fevereiro para todas as faixas de consumo e categorias de imóvel.

Atualmente, o morador de uma residência comum de Santa Bárbara, que consome 20 metros cúbicos de água por mês, paga R$ 55 em tarifa. Com o reajuste, o preço vai subir para R$ 60,40.

A nova cobrança vai ser sentida pelos moradores na conta de março. Isso porque o reajuste começa a valer 30 dias após a publicação no Diário Oficial do município.

Em Sumaré, a tarifa de água e esgoto será reajustada em 13,7% a partir de 7 de fevereiro. A correção do valor, que levou em consideração o IPCA de dois anos anteriores, vai servir para todas as categorias e faixas de consumo prevista na oferta do serviço.

Publicidade