22 de janeiro de 2022 Atualizado 14:08

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Prefeitura assina financiamento para obras de recape e abastecimento

Administração fez empréstimo de R$ 25 milhões por meio de programa do governo federal

Por Ana Carolina Leal

19 nov 2021 às 18:55

Convênio foi assinado pelo prefeito Chico Sardelli nesta sexta-feira - Foto: Beatriz Costa - Divulgação.JPG

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PV), assinou nesta sexta-feira, convênio com a Caixa Econômica Federal para empréstimo no valor de R$ 25 milhões. Os recursos serão investidos em obras de saneamento e recapeamento asfáltico.

O projeto de lei que autoriza o convênio passou pela câmara em setembro. A verba é proveniente do Finisa (Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento), do governo federal.

Líder do governo na câmara, o vereador Thiago Brochi (PSDB) informou na época que dos R$ 25 milhões, R$ 16 milhões serão investidos no DAE (Departamento de Água e Esgoto), sendo que do total, 4,5 milhões serão aplicados na adequação da elevatória de esgoto do Balneário de Salto Grande e execução de nova linha de recalque, R$ 4,6 milhões serão usados na substituição de redes do Jardim São Paulo e R$ 6,9 milhões na troca de redes do São Vito.

Os R$ 9 milhões restantes serão investidos no recapeamento de ruas. A operação de crédito foi contratada com prazo de 120 meses, sendo 24 meses de carência e 96 meses para amortização do débito.

Além desse empréstimo, a prefeitura pretende contratar mais R$ 25 milhões com o Desenvolve São Paulo, instituição financeira vinculada ao governo estadual, para recapear e pavimentar 30 ruas e avenidas. O montante também será usado na instalação de semáforos e remodelação na rotatória do portal.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Na justificativa da proposta apresentada e votada na câmara, a administração diz receber “uma demanda muito grande de solicitações” de tapa-buraco, que se trata apenas de uma solução temporária – neste ano, há uma média de 21 pedidos por dia.

Segundo a prefeitura, o recapeamento solucionaria esse problema e, consequentemente, traria economia ao erário, além de melhor qualidade de vida à população. A lei que autoriza o convênio foi publicada no Diário Oficial do município no dia 6 de novembro.

Publicidade