23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Região da Praia Azul

Polícia Militar localiza quatro crianças abandonadas em Americana

Irmãos de 1, 3, 4 e 5 anos estavam sozinhos em uma casa que tinha muita sujeira e apenas arroz para comer

Por Cristiani Azanha

01 de abril de 2024, às 18h18 • Última atualização em 02 de abril de 2024, às 11h51

Uma denúncia anônima ajudou a Polícia Militar na localização de uma menina de 5 anos, além de outros três meninos, de 1, 3 e 4 anos, em uma casa de fundos no Jardim Santo Antonio, na região da Praia Azul, em Americana, no início da noite de domingo (31). Os irmãos foram encaminhados para um abrigo pelo Conselho Tutelar.

Um vídeo gravado por um policial militar que atendeu a ocorrência mostra uma menina, que afirma que a mãe deles havia saído para comprar cigarros e iria também para um forró. Ela teria dito que voltaria somente no dia seguinte, sendo que havia apenas arroz para comer na casa. Várias roupas também estavam amontoadas no chão do imóvel.

Crianças foram levadas para um abrigo provisório – Foto: Reprodução

Segundo o boletim de ocorrência, pelo estado em que foram encontradas pelos policiais, as crianças já estariam há bastante tempo naquela situação.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Os PMs permaneceram na casa por 35 minutos, quando chegou uma mulher que afirmou que era a responsável pelas crianças na ausência da mãe. Informada sobre a denúncia de suposto abandono de incapaz, a mulher alegou que não era a mãe e que apenas residia na mesma casa. Ela disse ainda não saber onde a mulher poderia ser encontrada.

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Um conselheiro tutelar foi ao local enquanto os policiais ainda estavam por lá e teria informado que já acompanha o caso há mais de três meses, mas que nunca conseguiu contato com a mãe, pois em todas as vezes que tentou, acabou sendo atendido por essa suposta responsável.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

As crianças foram encaminhadas provisoriamente para um abrigo da cidade. Não foram localizados os documentos delas, somente o da mãe.

O caso foi registrado pela Polícia Civil. A suposta responsável foi liberada após prestar depoimento. A mãe ainda não havia sido localizada até a publicação desta matéria.

Em nota, o Conselho Tutelar de Americana se manifestou sobre o caso, explicando o acionamento do órgão feito pela PM e afirmando que foi determinado o acolhimento institucional das crianças, conforme prevê o Estatuto da Criança e do Adolescente.

“Na data de ontem 31/03/2024 fomos acionados pela Policia Militar, através do plantão, às 19h15, por um suposto crime tipificado no código penal em seu artigo 133 (abandono de incapaz), o conselheiro tutelar, o plantonista Renan, prontamente esteve no local. Devido a constatação, o conselheiro e coordenador Rodrigo Miletta esteve no local acompanhando a situação dos infantes, e foi aplicada medida de proteção cabível”, trouxe o texto.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade