24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

SAÚDE

OS com atuação em Florianópolis é melhor classificada em licitação para gerir a UPA Dona Rosa, em Americana

Proposta feita pela entidade prevê custo de R$ 16,6 milhões pelo período de um ano; chamamento está em fase de recurso

Por Rodrigo Alonso

03 de dezembro de 2023, às 08h12 • Última atualização em 03 de dezembro de 2023, às 10h51

O Hospital Mahatma Gandhi, que tem atuação em diferentes cidades, com destaque para Florianópolis (SC), foi a entidade melhor classificada no chamamento público que vai definir a OS (Organização Social) responsável pela gestão da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) Dona Rosa.

A proposta feita pela entidade, sediada em Catanduva, prevê custo de R$ 16,6 milhões pelo período de um ano, que é o prazo do contrato, prorrogável por até cinco anos.

Espaço onde vai funcionar a UPA Dona Rosa – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

A prefeitura divulgou a classificação das propostas na última sexta-feira, no Diário Oficial do município. As participantes do processo seletivo podem entrar com recurso em até cinco dias, contados a partir desta segunda.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Ao todo, seis OSs participaram do chamamento, inclusive a Santa Casa de Misericórdia de Chavantes, responsável pela gestão do HM (Hospital Municipal) Dr. Waldemar Tebaldi, da Unacon (Unidade de Assistência de Alta Complexidade em Oncologia) e da UPA São José.

O Hospital Mahatma Gandhi recebeu nota 95,45, de um total de 100. A Santa Casa de Chavantes ficou em segundo lugar, com 95,3.

“Vale ressaltar que a comissão de análise das propostas tem como foco a qualidade técnica do serviço prestado, portanto, o valor não é o requisito principal no processo, ou seja, não é o menor valor que define o vencedor”, comunicou a Secretaria Municipal de Saúde, ao LIBERAL.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Conforme o LIBERAL noticiou em setembro, a UPA Dona Rosa deve ficar pronta no primeiro semestre de 2024. A unidade vai funcionar 24 horas por dia.

Currículo

O Hospital Mahatma Gandhi administra unidades de saúde em 15 cidades diferentes, espalhadas por cinco estados, conforme informa em seu site.

A entidade possui maior atuação em Catanduva. No Estado de São Paulo, também marca presença em Novo Horizonte, Araçatuba, Ouroeste, Bebedouro e Viradouro.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

A OS atua, ainda, nos municípios de Maricá e Itaboraí, no Estado do Rio de Janeiro; Serra e Alfredo Chaves, no Espírito Santo; Itapoá, Florianópolis, Mafra e São José, em Santa Catarina; e Carazinho, no Rio Grande do Sul.

Ao todo, o Hospital Mahatma Gandhi administra sete UPAs, em Catanduva, Bebedouro, Maricá, Serra, Florianópolis, Mafra e Carazinho.

Na UPA Dona Rosa, segundo o edital do chamamento, a OS deverá realizar 81 mil consultas anuais. O documento ainda estabelece metas de realização de 240 mil procedimentos de enfermagem, 12 mil exames de raio-X e 27 mil exames laboratoriais.

Publicidade