23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

TRÂNSITO

Motorista sem habilitação e com documentação do carro atrasada atropela menina de 2 anos em Americana

Criança teria tentado atravessar a via no momento em que o veículo passava; condutor prestou socorro e quadro da vítima é estável

Por Gabriel Pitor

24 de fevereiro de 2024, às 15h55

Um motorista de 53 anos teve o seu veículo apreendido, na noite desta sexta-feira (23), após atropelar uma menina de 2 anos na região do Parque Gramado, em Americana. O homem não tinha CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e a documentação do carro, um Fiat Palio, estava atrasada.

Delegacia de Americana – Foto: Marcelo Rocha/Liberal

De acordo com o boletim de ocorrência, a situação aconteceu por volta das 19h, na Rua Júlio Justi. A criança teria tentado atravessar a via no momento em que o motorista passava e teria batido na lateral traseira esquerda.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

O homem, então, desceu do veículo para prestar socorro e contatou que a vítima tinha ferimentos. Por isso ajudou a levá-la, acompanhada do pai, ao HM (Hospital Municipal) Dr. Waldemar Tebaldi.

Agentes da Gama (Guarda Municipal de Americana) constataram que o condutor do Fiat Palio não tinha CNH e que a documentação do carro estava atrasada. Por conta disso, foi determinada a apreensão do veículo.

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

O homem irá responder, de acordo com o CTB (Código de Trânsito Brasileiro), por lesão corporal culposa na direção de veículo automotor e por dirigir sem permissão ou habilitação, que podem resultar em multa de até R$ 293,47, detenção de seis meses a dois anos e suspensão ou proibição de se obter a permissão ou a habilitação para dirigir.

A criança está em estado estável e sendo medicada.

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade