21 de janeiro de 2021 Atualizado 09:16

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

LUTO

Morre Paulo Marcondes, médico do HM de Americana há 31 anos

Família acredita que Marcondes tenha contraído o coronavírus durante o trabalho, já que atuava na Unimed e no HM

Por André Rossi

07 jan 2021 às 14:25 • Última atualização 07 jan 2021 às 14:52

Médico do Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi há 31 anos, o anestesista Paulo Norberto Salati Marcondes morreu nesta quinta-feira (7) por complicações decorrentes do novo coronavírus (Covid-19).

O médico tinha 69 anos e estava internado desde o dia 26 de dezembro no Incor, em São Paulo. A informação foi confirmada por familiares de Marcondes. Ainda não havia detalhes sobre o sepultamento até a publicação desta matéria.

Durante a década de 1980, foi o primeiro médico contratado para trabalhar no HM – Foto: Reprodução / Facebook

Antes de ir para São Paulo, o médico chegou a ficar internado na Unimed, em Americana. Entretanto, a piora no quadro motivou a transferência.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A família acredita que Marcondes tenha contraído o vírus durante o trabalho, já que atuava como anestesista na Unimed e no HM, onde também era diretor clínico. O médico deixa a esposa três filhos.

Marcondes se formou em medicina pela USP (Universidade de São Paulo), com especialização em anestesiologia, no ano 1977. Durante a década de 1980, foi o primeiro médico contratado para trabalhar no HM, que acabara de ser inaugurado.

Publicidade