24 de fevereiro de 2024 Atualizado 20:17

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

FEITO

Jovem de Americana conquista recorde nacional no lançamento de foguete

Giovanni Gomieri alcançou 488,5 metros em competição no Rio de Janeiro e ganhou homenagem na câmara

Por Lucas Ardito*

16 de outubro de 2023, às 07h30 • Última atualização em 16 de outubro de 2023, às 10h21

O jovem Giovanni de Luca Gomieri, de 18 anos, que bateu recorde no lançamento de foguete - Foto: Claudeci Junior/Liberal

O morador de Americana Giovanni de Luca Gomieri, de 18 anos, quebrou o recorde de lançamento de foguete da Mobfog (Mostra Brasileira de Foguetes) durante a 46ª Jornada de Foguetes, realizada na última semana, em Barra do Piraí, no Rio de Janeiro. A competição é promovida pela OBA (Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica.

A competição tem o objetivo de reunir projetos de foguetes feitos com garrafas PET. Na categoria Nível 4, que é a de Giovanni, os objetos são impulsionados de acordo com a reação química entre vinagre e bicarbonato de sódio, a 45°. Durante a competição, o morador de Americana alcançou a distância de 488,5 metros, batendo o recorde nacional.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

O garoto compete sozinho pela sua própria equipe, a Red Bears. O segundo lugar ficou com o time Lyra Dragons, de Itapetininga, que lançou a 475,7 metros. Curiosamente, o feito chegou a quebrar o recorde nacional, já que a prova foi dois dias antes de Giovanni competir. No entanto, o morador de Americana acabou ultrapassando. 

Giovanni Gomieri foi convidado para participar da Jornada de Foguetes devido ao bom retrospecto. Na edição de 2022, conseguiu a melhor distância da competição, com 318 metros. Além disso, teve a melhor marca da Copa Americanense de Foguetes, realizada em agosto deste ano, com 375 metros. Desta forma, o jovem foi convidado pelo presidente da OBA, o professor doutor João Batista Garcia Canalle.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região.

Ao LIBERAL, ele afirmou que espera que seu feito inspire outras pessoas, alegando que foi o reflexo de todo seu esforço. “Estou muito grato por ter essa oportunidade e espero que a minha trajetória, a minha jornada, inspire muitas outras pessoas a terem suas conquistas e buscar seus resultados”, disse.

“Ser o recordista é, de fato, uma sensação incrível. É a concretização de todo esse tempo de muita dedicação, trabalho árduo, esforço e perseverança. Uma conquista que não é só minha, mas de todo mundo que esteve ao meu lado me apoiando em cada etapa e acreditando que seria possível conseguir esse resultado”, completou. 

Homenagem

Nesta terça-feira (10), o vereador Gualter Amado (Republicanos) propôs à Câmara uma moção de aplauso a Giovanni. Na homenagem, Gualter disse que o recorde nacional é motivo de orgulho para a cidade de Americana e, portanto, representa uma conquista notável.

*Estagiário sob supervisão de João Colosalle

Publicidade