02 de dezembro de 2020 Atualizado 17:48

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

COMERCIANTE

João Pértile, do Titio Lanches e Bar Garoto, morre aos 74 anos

Proprietário de estabelecimentos tradicionais passou mal no período da manhã desta quarta-feira e faleceu à noite no Hospital Municipal de Americana

Por Reginaldo Gonçalves

29 out 2020 às 00:02 • Última atualização 29 out 2020 às 00:05

O comerciante João Pértile, de 74 anos, morreu na noite desta quarta-feira (28) após se sentir mal e ser levado para o hospital. Ele era o proprietário do Titio Lanches, na Avenida Abdo Najar, e comandou ao lado de seus irmãos o Bar Garoto por mais de 40 anos, na Rua 30 de Julho, no Centro de Americana.

Pértile passou mal no período da manhã e foi levado ao hospital. O diagnóstico apontou insuficiência renal e respiratória, sendo que ele permaneceu internado no Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi. Por volta das 22 horas, o comerciante sofreu parada cardíaca e morreu logo depois.

João Pértile esteve à frente de estabelecimentos alimentícios de Americana – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Em entrevista ao LIBERAL, em agosto, no aniversário de fundação de Americana, João Pértile contou sobre a história do bar que tinha o número 280 da 30 de Julho como endereço. O estabelecimento reunia bar, restaurante, lanchonete, tudo junto e misturado.

João ganhou o apelido de Titio naquela época e permaneceu à frente do estabelecimento até 2008. Depois, deu o nome de Titio ao seu próprio estabelecimento, onde serve lanches e pizzas. “De Titio, sou bem conhecido. A turma sabe que eu era do Garoto, então ficou Titio do Garoto”, explicou, na época.

João Pértile era casado e tinha uma filha. Ele será sepultado nesta quinta-feira (29), no Cemitério da Saudade.

Publicidade