Horário de transporte público será definido nesta quinta

Reunião entre prefeitura e Sancetur, que poderia estabelecer mudanças, foi adiada para hoje; empresa mantém linhas nesta quinta-feira


As mudanças no horário do transporte público de Americana devem ser definidas nesta quinta-feira (19). Uma reunião entre a prefeitura e a Sancetur, empresa responsável pelo serviço, estava prevista para acontecer ontem, mas foi reagendada para hoje.

O Governo Omar Najar (MDB) publicou nesta quinta um novo decreto com medidas para combater a proliferação do coronavírus (Covid-19). Um dos tópicos diz que o documento regulamenta “os horários dos ônibus do transporte coletivo urbano, a fim de evitar a restrição de acesso ao transporte público e consequentes aglomerações”. Entretanto, não cita qual será a programação.

Saiba tudo sobre o coronavírus, o que ele provoca e como se prevenir

A Sou Americana, braço da Sacentur que atua na cidade, informou que todas as linhas de ônibus operam normalmente nesta quinta. A empresa ressaltou que reforçou os serviços de limpezas nos ônibus, terminais e pontos de apoio, além de higienização do ar condicionado dos veículos.

De acordo com o dono da Sou Americana, Marco Chedid, o objetivo do encontro é discutir propostas que possam colaborar com a prevenção da proliferação do coronavírus (Covid-19). O empresário já sinalizou que existe a intenção de reduzir gradualmente as linhas, mas garante que nada será feito sem aval da prefeitura.

Chedid relata ainda que já houve queda de pelo 28% de usuários do transporte público entre alunos e trabalhadores, mas o público de maior risco que são os idosos continuam a usar o meio de transporte com a mesma frequência de antes da pandemia.

“Não estamos vendo o lado financeiro do negócio, que vai parar porque tem menos pessoas nos ônibus, é uma questão de saúde pública. Estamos passando por um momento muito difícil”, afirmou o empresário.

Além da Capa, o podcast do LIBERAL

A edição desta semana do podcast “Além da Capa” fala sobre a pandemia do Covid-19, o novo coronavírus, e seus impactos nas cidades que fazem parte da RPT (Região do Polo Têxtil). Ouça:

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora