05 de junho de 2020 Atualizado 12:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Polícia

Homem é agredido por assaltante em Americana e perde visão de um dos olhos

Polícia deteve dois suspeitos do crime que aconteceu na noite desta segunda, na Vila Mariana

Por Leonardo Oliveira

28 abr 2020 às 10:23 • Última atualização 28 abr 2020 às 12:21

A PM (Polícia Militar) deteve dois homens suspeitos de terem roubado uma casa na Vila Mariana, em Americana, na noite desta segunda-feira (27). O proprietário da residência foi agredido durante a ação e perdeu a visão total de um dos olhos, segundo a corporação.

O crime aconteceu na Rua Antônio Fernandes Moreno. Quatro indivíduos entraram no imóvel, agrediram a vítima e deixaram o local em dois veículos.

Caso foi registrado na CPJ de Americana e será investigado pela Polícia Civil – Foto: João Carlos Nascimento / O Liberal_18.03.2020

Os policiais foram até a casa assaltada e lá ouviram dos vizinhos que o homem agredido havia sido socorrido ao Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi em estado grave e com vários ferimentos.

Um dos veículos que os assaltantes usaram para escapar, um Fiat Argo, foi localizado pela polícia na Avenida Paschoal Ardito, quando teve início uma perseguição. Dois homens foram capturados neste carro. Imagens da câmera de segurança confirmaram que um dos detidos esteve presente no crime – ele aparece levantando o portão do imóvel com outros três suspeitos.

Após aparecer nas imagens, o suspeito de 26 anos confessou a participação no roubo. Ele também foi reconhecido pela vítima. Ele e o outro detido foram levados até a CPJ (Central de Polícia Judiciária) de Americana.

Os dois foram presos em flagrante, segundo a SSP (Secretaria de Segurança Pública de São Paulo). Foram requisitados exames periciais ao IC (Instituto de Criminalística) e ao IML (Instituto Médico Legal).

Segundo a PM, o agredido teve perda total da visão do olho direito e seria transferido ao HC (Hospital das Clínicas) da Unicamp, em Campinas.

Outros dois suspeitos seguiam foragidos até a publicação desta reportagem.