Hamburgada do Bem conseguiu 700 voluntários em 40 horas

Evento será realizado no dia 17 de agosto em Americana e conseguiu número máximo de participantes em menos de dois dias


Às 21h do dia 18 de julho foram abertas as inscrições para a Hamburgada do Bem em Americana. Às 14h do dia 20, 40 horas depois, a quantidade máxima de 700 voluntários já havia sido preenchida. “Isso surpreendeu a gente, vamos ver se é possível voltar ainda em 2019, mas com certeza não viremos mais só uma vez no ano”, afirmou o coordenador do Team Cozinha, Bruno Genezini.

A surpresa dos organizadores se justifica por que em edição realizada no ano passado, foi necessário mais de um mês para que 250 pessoas estivessem inscritas. A Hamburgada do Bem é um projeto que distribui hambúrgueres, batata frita, recreação e informação para as crianças de comunidades carentes.

A edição de Americana neste ano acontece em 17 de agosto em uma escola do Jardim Primavera, na qual devem ser atendidas entre 700 e 800 crianças de várias comunidades da cidade. Para que todas possam comparecer, devem ser alugados de 4 a 5 ônibus que levarão os atendidos até o local.

Para se inscrever, é preciso pagar uma taxa de R$ 38,50. Com esse dinheiro, o voluntário toma café da manhã, almoça, e ainda ajuda a cobrir os custos do evento. “Esse dinheiro ajuda a bancar todos os custos com alimentação das crianças, café da manhã e almoço do voluntários e alugueis dos brinquedos. Então cada inscrição paga suas refeições e ainda possibilita que duas crianças carentes participem do evento”, explicou Bruno.

Com eventos programados até setembro, o projeto também está focado em sua edição de Natal. “Vamos atender até 12 mil crianças na Arena Corinthians, em São Paulo. Já estamos pensando no nosso evento de Natal por que são muitos voluntários e muitas crianças”, justificou.

Até o momento, a Hamburgada do Bem já tem mais de 35 mil voluntários espalhados pelo Brasil e atende entre 4 e 5 mil crianças por mês. Já houveram edições nas cidades de Campinas, São Paulo, Santos, São José dos Campos, Americana, Guarulhos, Curitiba, Rio de Janeiro e outras.

*Estagiária Maíra Torres, sob supervisão de João Colosalle.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora