Gesseiro é preso acusado de estuprar filha de 4 anos

Criança relatou dores à mãe e contou que havia sido violentada pelo pai, de 26 anos; o homem acabou preso em flagrante neste domingo, no Jardim da Paz


Um gesseiro de 26 anos foi detido na madrugada deste domingo (16) pela Gama (Guarda Municipal de Americana), acusado de estuprar a filha, uma criança de 4 anos. Ele foi localizado pela guarda na casa onde mora, no Jardim da Paz, em Americana. Segundo informações da SSP (Secretaria de Segurança Pública), ele foi preso em flagrante por estupro de vulnerável.

Foto: Guarda Municipal de Americana/Divulgação
Gama deteve suspeito e apresentou-o à CPJ, onde ele foi preso em flagrante

De acordo com a patrulheira Christiane, que atendeu à ocorrência junto com os guardas R. Pereira e Marangone, a mãe abordou a equipe que estava fazendo patrulhamento na Praça da Fraternidade, no Parque Gramado, e mostrou prontuários de atendimento médico que apontavam que sua filha havia sido violentada.

Os pais da menina são separados e a criança havia passado o sábado (15) na casa do pai. À noite, já na casa da mãe, a menina reclamou de dores e teve sangramento.

Receba as notícias do LIBERAL pelo WhatsApp. Envie uma mensagem para ser adicionado na lista de transmissão!

A criança foi levada pela mãe ao pronto-socorro Afonso Ramos, em Santa Bárbara d’Oeste. De acordo com a prefeitura, ela foi atendida e medicada na unidade. Na sequência, ela foi transferida ao Hospital Santa Bárbara.

Segundo a guarda municipal, a criança apontou o pai como autor da violência. A Gama foi até o endereço do gesseiro, no bairro Jardim da Paz, mas ele negou o crime. A guarda deteve o homem e o levou à CPJ (Central de Polícia Judiciária).

Um médico perito do IML (Instituto Médico Legal) foi chamado à delegacia e constatou o abuso. O homem foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e permaneceu preso à disposição da Justiça.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora