21 de janeiro de 2021 Atualizado 23:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Americana

Gama resgata mulher desaparecida em Americana

Vítima, que tem problemas mentais, estava sendo procurada pela família nas redes sociais

Por Heitor Carvalho

04 dez 2020 às 18:27 • Última atualização 04 dez 2020 às 18:52

Ação foi realizada pelos patrulheiros da Guarda Municipal de Americana - Foto: Ernesto Rodrigues - O Liberal.JPG

A Gama (Guarda Municipal de Americana) resgatou, na manhã desta quinta-feira (3), uma mulher que estava desaparecida desde o dia 26 de novembro.

Atendentes de um hotel no Centro chamaram a Gama e informaram que havia um casal hospedado no local e que a moça estava sendo procurada pela família nas redes sociais.

Uma equipe de patrulheiros foi até o hotel, se deslocou até o terceiro andar onde iniciou a ação para que o homem deixasse o quarto para ser abordado, uma vez que não se sabia se estava armado e se poderia fazer a vítima de refém.

Com o apoio da recepcionista, o homem foi chamado na recepção e rendido ao sair do quarto. O rapaz possui diversas passagens pela polícia e, inclusive, já ficou preso por 15 anos.

A moça, que segundo relatos da família nas redes sociais tem problemas mentais, afirmou que eles estariam indo para o Rio de Janeiro nesta sexta-feira (4) para buscar uma arma e que teria sido agredida fisicamente, quando o homem bateu com o controle remoto em seu rosto.

A ocorrência foi registrada na Delegacia da Mulher, com a vítima acompanhada do pai e de uma tia, que relataram situações de extorsão sofridas pela família.

Na delegacia, o averiguado disse que sabia que a moça possuía problemas mentais e que a iludiu a morar com ele sem a permissão dos pais. E confirmou a versão de que tentara extorquir o pai dela.

Foi registrado boletim de ocorrência por violência doméstica e as partes foram liberadas em seguida.

Publicidade