22 de janeiro de 2021 Atualizado 08:05

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

TRÂNSITO

Ex-vereador, Pedro Peol vai comandar unidade de trânsito da Prefeitura de Americana

Ex-presidente da câmara será responsável por setor que acumulou polêmicas na gestão passada

Por André Rossi

06 jan 2021 às 17:21 • Última atualização 06 jan 2021 às 19:51

O prefeito de Americana, Chico Sardelli (PV), confirmou nesta quarta-feira (6) que o ex-vereador e aliado Pedro Peol vai assumir o comando do trânsito no município.

Oficialmente, Peol será secretário-adjunto de Obras, mas terá a incumbência de cuidar dos assuntos referentes ao setor viário de Americana. Nos bastidores, a escolha era dada como cera desde o início da semana.

O ex-vereador Pedro Peol – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

Chico classificou Peol – que já foi seu assessor – como um “batalhador”. Durante entrevista na prefeitura nesta quarta, o prefeito admitiu que a experiência legislativa e administrativa do colega influenciou na escolha.

“Nós estaremos acompanhando e dando todo suporte possível para que ele seja bem-sucedido. […] Ele sabe o que eu penso e como eu penso. Não tenho dúvida nenhuma que, nesse sentido, será bom trabalhar com ele porque sabe interagir e sabe do jeito que eu quero”, comentou Chico.

Peol foi candidato a vereador na eleição de novembro, recebeu 930 votos e ficou como primeiro suplente do PV. A sigla conseguiu eleger três parlamanteres.

Apesar de também ter ficado como suplente na Legislatura anterior, Peol foi o “dono” da cadeira por três anos e meio. Isso porque o “titular”, Odair Dias – que era do PV e hoje está no Pros – se licenciou em fevereiro de 2017 para ser secretário de meio Ambiente e só voltou para a Casa em junho do ano passado.

Batemos o martelo. O ex-vereador e meu ex-assessor Pedro Peol será responsável pelo trânsito da cidade. Amanhã Peol…

Publicado por Chico Sardelli em Quarta-feira, 6 de janeiro de 2021

Antes disso, Peol foi vereador de 2012 a 2016. Nesse mandato, ele foi presidente da Casa no biênio 2015-2016 e teve que assumir como prefeito durante sete dias, entre 1º de janeiro de 2015 e oito de janeiro de 2015, por conta do vácuo de poder em virtude da cassação do ex-prefeito Diego De Nadai (sem partido).

Desafios

A gestão do trânsito na administração do ex-prefeito Omar Najar (2015 a 2020) foi marcada por polêmicas como o fim do duplo sentido no Viaduto Amadeu Elias, a criação de uma terceira faixa no Viaduto Centenário e a alteração de direções em ruas da região central. A implantação de um sistema de Área Azul maior também foi criticada.

Motos, carros e bicicleta em um dos gargalos do trânsito em Americana, o Viaduto Amadeu Elias – Foto: Marcelo Rocha – O Liberal

Além disso, a cidade está no quinto contrato emergencial com a Sancetur para o transporte público. Três licitações para conceder o serviço em definitivo já foram travadas judicialmente desde outubro de 2019; a terceira versão do edital foi revisada na gestão Omar e a entrega das propostas está agendada para o dia 20 deste mês.

Peol disse que vai se inteirar sobre a situação do processo licitatório junto ao secretário de Obras, Adriano Alvarenga Camargo Neves. Ele também já projeta a conclusão de obras viárias iniciadas na gestão passada.

“Tem o prolongamento do viaduto João Romano, a transposição da Gruta Dainese, que tivemos um probleminha, mas vai ser de grande alívio para região da Avenida da Amizade. Concluir para a gente desafogar o trânsito na nossa cidade”, afirmou Peol.

Garantir uma mobilidade melhor é um dos desafios da nova gestão, que terá que lidar com a queda no número de passageiros no transporte público, o aumento da frota da cidade e a dificuldade em dar fluidez ao trânsito em uma cidade dividida por barreiras geográficas como a linha férrea e o Ribeirão Quilombo.

O LIBERAL falou sobre os gargalos do trânsito em Americana em uma série de reportagens especiais sobre os desafios do novo governo. Releia.

Publicidade