24 de outubro de 2020 Atualizado 10:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

AMERICANA

Entidades recebem recurso da prefeitura por conta da pandemia

AAMA e Coasseje mantém parceria com o município para acolhimento de crianças e adolescentes

Por André Rossi

05 ago 2020 às 08:34 • Última atualização 05 ago 2020 às 09:51

Duas entidades de acolhimento de crianças e adolescentes receberam recursos da Prefeitura de Americana em caráter emergencial por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Para a AMMA (Associação Americanense de Acolhimento) foram destinados R$ 21,9 mil. Já a Coasseje (Casa de Orientação e Assistência Social Seareiros de Jesus) recebeu R$ 51,7 mil. O edital foi publicado no Diário Oficial do último sábado (1º).

Ambas tem parceria com o município para atender crianças e jovens afastados do convívio familiar por medida judicial. O serviço é contínuo e integrado ao Suas (Sistema Único de Assistência Social).

O aporte foi feito através de financiamento com recursos do FMDCA (Fundo Municipal dos Direitos da Criança do Adolescente). Cada unidade comporta até 25 crianças, com equipes 24 horas por dia. As duas apresentaram plano de trabalho demonstrando a necessidade do recurso.

“Esse financiamento pelo FMDCA é pontual, em caráter emergencial diante da situação de calamidade pública, apesar de estar dentro dos recursos previstos em lei para investimento em acolhimento de crianças e adolescentes”, informou a prefeitura.

Presidente da Coasseje, Tereza Pompermayer explicou que o recurso será importante para manter as atividades do Lar Dona Anita, já que projetos voluntários, eventos e outras atividades que complementavam o caixa não estão acontecendo por conta da pandemia.

“Também tivemos funcionárias afastadas, então preciso colocar outras no lugar”, comentou Tereza.

O LIBERAL não conseguiu contato com representantes da AMMA até a publicação desta matéria.

Podcast Além da Capa
Entre tantos anúncios aguardados com ansiedade em relação à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a apresentação de uma vacina eficaz e produzida em larga escala, com capacidade de imunização de toda a população, seria o equivalente a um trending topic unânime ao redor do globo. O episódio do “Além da Capa” dessa semana atualiza o panorama local em relação à espera pelo imunizante.

Publicidade