25 de julho de 2021 Atualizado 16:46

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Americana

Em novo pico de internações, hospitais de Americana têm lotação máxima em leitos de UTI Covid

No total, 98 pessoas estão internadas com respiradores, maior volume já registrado; enfermarias têm 122% de ocupação

Por Marina Zanaki

16 jun 2021 às 17:59 • Última atualização 16 jun 2021 às 18:10

Em novo pico de internações, os quatro hospitais de Americana com UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) para coronavírus registram lotação máxima nesta quarta-feira (16) e 98 internados utilizando respiradores, maior volume já registrado.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

As enfermarias, compostas por leitos clínicos sem respiradores, têm 115 hospitalizados, acima da capacidade instalada de 94 vagas. A ocupação total está em 122%.

Enfermaria do HM está com 58 internados, atuando com 165% da capacidade, que é de 35 leitos – Foto: Ernesto Rodrigues – O Liberal

No Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, o número total de leitos com respiradores saltou de 26 para 27, com ocupação máxima nesta quarta-feira. A enfermaria está com 58 internados, atuando com 165% da capacidade, que é de 35 leitos.

O Hospital Unimed, que definiu o momento como “crítico”, tem 68 pessoas internadas, das quais 40 estão na UTI.

No Hospital São Lucas, são 31 internados, dos quais 17 estão em respiradores. O local é o único que ainda possui leitos de enfermaria, com duas vagas.

O Hospital São Francisco acomoda nesta quarta-feira 29 pacientes, 14 deles com respiradores.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

Boletim informa novas infecções
A Vigilância Epidemiológica de Americana registrou 117 novos casos positivos nesta quarta-feira, nenhum deles óbito. No total, a cidade tem 20.835 moradores que se contaminaram, dos quais 57 estão internados, 623 morreram, 752 estão em casa e 19.403 se recuperaram.

Publicidade