20 de outubro de 2020 Atualizado 09:29

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Covid-19

Bradesco fecha agência em Americana após funcionário testar positivo para coronavírus

Agência do Bradesco da Rua Doze de Novembro, no Centro de Americana, ficou fechada nesta quarta; estado de saúde do funcionário não foi informado

Por Marina Zanaki

10 jun 2020 às 17:02 • Última atualização 10 jun 2020 às 18:04

A agência do Bradesco da Rua Doze de Novembro, no Centro de Americana, ficou fechada nesta quarta-feira (10), após um funcionário testar positivo para o novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com a instituição, todas as medidas de higienização estão sendo adotadas para a reabertura da agência na sexta-feira (12), próximo dia útil.

Agência da Rua Doze de Novembro foi fechada e deve reabrir na sexta-feira – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

O banco explicou que o fechamento temporário foi adotado como uma medida preventiva “que tem o objetivo de evitar o risco de propagação da doença”.

A empresa foi questionada, mas não informou o estado de saúde do funcionário.

CUIDADOS
Para diminuir a propagação do coronavírus, o Bradesco escalonou os horários de atendimento.

O público em geral pode procurar as agências entre 10h e 14h. Para aposentados e pensionistas, o atendimento começa uma hora antes. Nos dias de pagamento para esse público, a abertura das agências está sendo feita às 8h.

Cartaz afixado na porta da agência do Bradesco que foi fechada – Foto: Marcelo Rocha/O Liberal

‘Os funcionários do banco também estão orientados a organizarem o atendimento nas agências e nas salas de autoatendimento, de forma a evitar concentração de pessoas no interior dos ambientes, preservando a recomendação de manter distância mínima de 1,5 metro entre elas”, explicou a instituição.

“A entrada nas agências será escalonada. Podem entrar de 5 em 5 ou de 10 em 10 pessoas, dependendo do tamanho de cada agência. O Bradesco redimensionou ainda o atendimento em um sistema de rodízio, no qual os funcionários se revezam em turnos semanais”, disse o banco.

O Bradesco orientou ainda os clientes a utilizarem, preferencialmente, canais online de atendimento.

“Com relação à higienização, o banco adotou uma série de procedimentos, como aumentar a frequência das rotinas de limpeza na rede de agências e terminais de autoatendimento, além de disponibilizar álcool em gel em suas dependências”, finalizou.

FECHADA
Esta é a segunda agência bancária que fica fechada esta semana após um funcionário ser diagnosticado com coronavírus.

Na segunda (8), a agência da Caixa Econômica Federal da Praça 15 de Novembro, também no Centro de Americana, foi fechada.

Segundo a Caixa, o funcionário ficou em casa, com acompanhamento médico. Os demais trabalhadores da agência realizaram home office na segunda-feira.

ORIENTAÇÃO
A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) disse que a higienização de agências bancárias foi “rigorosamente” reforçada para segurança dos clientes e dos funcionários do setor.

“Atendendo às recomendações das autoridades sanitárias, a Febraban e seus bancos recomendam que seus clientes evitem deslocar-se para as agências bancárias e deem preferência a usar produtos e serviços dos bancos por meio dos canais remotos disponíveis para a população”, divulgou a federação.

Podcast Além da Capa
A relação de Americana com Santo Antonio, o padroeiro da cidade, completa 120 anos em 2020, mas a festividade em torno da data foi forçada a ser revista por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Nesse episódio, o editor Bruno Moreira conversa com o administrador paroquial da Basílica, o padre Valdinei Antonio da Silva. A necessidade do cancelamento de outros eventos da comunidade católica, como as festas de São João de Carioba e do Senhor Bom Jesus, também é abordada com os padres Marcos Ramalho e Marcelo Fagundes.

Publicidade