04 de março de 2021 Atualizado 23:03

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

FALECIMENTO

Aos 105 anos, morre Dona Tintin, em Americana

Conhecida pelos cabelos pintados de azul, centenária foi personagem de reportagens do LIBERAL e de comercial na TV

Por João Colosalle

23 nov 2020 às 12:56 • Última atualização 24 nov 2020 às 10:07

Morreu no início da manhã desta segunda-feira (23), a centenária Maria Eutrópia Ferraz Ferreira, em Americana. Conhecida popularmente como Dona Tintin, ela tinha 105 anos e morava no Jardim Guanabara.

Segundo a filha, Iza Ferreira Rabello, Dona Tintin sofreu uma queda na última sexta-feira (20), dentro do próprio quarto. Ela foi levada a um hospital particular em Americana e transferida para Campinas, onde faleceu às 6h desta segunda.

“Ela criou a mim e a minha irmã de uma maneira muito boa”, comentou a filha. Segundo Iza, a mãe não tinha problemas de saúde.

Dona Tintin se tornou conhecida em reportagens do LIBERAL e em um comercial na televisão.

A centenária Dona Tintin, fotografada pelo LIBERAL em julho – Foto: Marcelo Rocha / O Liberal

No mês passado, a Revista L, do Grupo Liberal, contou a história de moradores centenários de Americana. Dona Tintin era uma delas.

Natural de Murici (AL), Dona Tintin estudou no Recife (PE) e depois foi morar no Rio de Janeiro, onde se casou, antes de vir para Americana nos anos 90.

Além da personalidade brincalhona, uma de suas marcas era o cabelo tingido de azul com papel-carbono, desde que ficou grisalha. Tintin era vaidosa.

“Eu coloquei o loiro, mas não gostei. Aí, eu fui experimentando cores, dentro de casa, e o carbono azul ficou bonito”, contou à repórter Isabella Holouka, em uma entrevista em 2017 ao LIBERAL.

“Se dá muito trabalho? Na vida, minha filha, tudo dá trabalho. Botar café numa xícara dá trabalho. Pintar o seu cabelo com carbono azul é claro que dá trabalho”.

Sair no jornal era um dos sonhos da centenária. Além de personagem de reportagens do LIBERAL, neste ano, ela estrelou um comercial da EPTV Campinas, afiliada da Rede Globo, em que dava dicas para que a população se prevenisse do novo coronavírus.

Dona Tintin será enterrada no Cemitério do Parque Gramado, na tarde desta segunda-feira.

Publicidade