12 de maio de 2021 Atualizado 11:45

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Covid-19

Americana chega à marca de 500 mortes causadas pelo coronavírus

Foram informados mais quatro óbitos nesta terça; cidade tem 16.341 casos positivos

Por Marina Zanaki

04 Maio 2021 às 17:44

A Vigilância Epidemiológica de Americana contabilizou mais quatro mortes pelo novo coronavírus (Covid-19) nesta terça-feira (4), chegando à triste marca de 500 vidas perdidas pela doença. Veja abaixo os detalhes dos pacientes:

  • Um homem (43), morador do bairro Jardim Colina, sem informações de doenças preexistentes, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 30 de abril;
  • Uma mulher (84), moradora do bairro Jardim dos Lírios, sem informações de doenças preexistentes, que estava internada no Hospital Municipal e faleceu no dia 30 de abril;
  • Um homem (67), morador do bairro Jardim América, sem informações de doenças preexistentes, que estava internado no Hospital Municipal e faleceu no dia 1° de maio;
  • Um homem (35), morador do bairro Jardim Recanto, portador de Asma, que estava internado em hospital particular e faleceu no dia 4 de maio.

A cidade é a segunda da RPT (Região do Polo Têxtil) que chega a 500 vítimas da pandemia. Além de Americana, apenas Sumaré ultrapassou essa marca. Atualmente, o município registra 693 óbitos.

Americana informou mais 109 confirmados. Dessa forma, a cidade contabiliza 16.341 casos positivos, dos quais 15.452 estão recuperados, 21 estão internados e 386 estão em casa, além dos 500 óbitos. Outros 106 suspeitos aguardam resultado de exames.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

A taxa de ocupação de leitos com respiradores na cidade está em 79%. Do total de 73 vagas na rede pública e privada, 58 estão ocupadas.

Os hospitais São Lucas e São Francisco estão com 100% de ocupação, com 14 e 13 pacientes internados em leitos com respiradores, respectivamente.

O LIBERAL no seu e-mail: se inscreva na nossa newsletter

No Hospital Unimed, a taxa de ocupação está em 75%. Do total de 20 leitos com respiradores, 15 atendem pacientes.

No Hospital Municipal Dr. Waldemar Tebaldi, há 16 pacientes na UTI e 10 leitos vagos, uma ocupação de 61%.

Publicidade