Alteração de vaga atrapalha deficiente em Americana

Vaga para deficientes físicos ao lado da Igreja Velha Matriz de Santo Antônio foi mudada de lugar e repintada num espaço mais estreito


Uma vaga para deficientes físicos ao lado da Igreja Velha Matriz de Santo Antônio, no Centro, em Americana, foi mudada de lugar e repintada num espaço mais estreito em três posições abaixo, na mesma via, há cerca de dois meses.

Foto: Marcelo Rocha / O Liberal
Deficiente reclama de vaga na região central de Americana, que dificultou mobilidade

A situação é alvo de reclamação de Edilson de Freitas, deficiente físico que costuma estacionar no local quando precisa ir ao centro da cidade.

“Antes dava para abrir toda a porta, agora ela não abre nem 30 centímetros, está muito ruim, não dá para descer de muleta. Preciso ficar procurando outras vagas que sejam mais espaçosas, o que demora muito”, explicou Edilson.

A vaga em questão fica especificamente na via entre as ruas Jorge Jones e Capitão Corrêa Pacheco, trecho que depois passa a ser a Rua Carioba.

A Estapar e a Prefeitura de Americana foram procuradas. A Utransv (Unidade de Transporte e Sistema Viário) respondeu que está verificando a situação e que “o problema será sanado, pela unidade responsável ou pela empresa permissionária da Área Azul”.

*Estagiária Maíra Souza, sob supervisão de João Colosalle.

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora