15 de janeiro de 2021 Atualizado 18:52

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Investigação

Adolescente encontrada morta em kitnet na Av. Paulista teria sido esganada

Polícia investiga se Marcos Lima da Silva matou a companheira, Aline da Silva Amorim, antes de cometer suicídio

Por Paula Nacasaki

06 jan 2021 às 09:15 • Última atualização 06 jan 2021 às 18:11

A Polícia Civil investiga se Marcos Lima da Silva, de 24 anos, matou a companheira Aline da Silva Amorim, de 17, antes de cometer suicídio. Os corpos do casal foram encontrados na noite desta terça-feira (5) em uma kitnet na Avenida Paulista, em Americana.

A perícia inicial, realizada pela Polícia Científica no local do crime, aponta que a jovem tenha sido esganada. Aline completaria 18 anos nesta quinta-feira (7).

marcos e aline – Foto: Reprodução

O casal foi encontrado morto por uma amiga. Marcos estava pendurado com uma corda de varal no pescoço e Aline caída ao chão ao lado da cama.

Segundo o boletim de ocorrência do caso, os peritos apontam que a suspeita é que Aline provavelmente tenha sido esganada. Ela tinha marca no pescoço e hemorragia nos olhos.

Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Os corpos do casal foram encaminhados para o IML (Instituto Médico Legal de Americana). Os aparelhos celulares do casal e a corda utilizada no suicídio foram apreendidos para perícia. O caso segue em investigação.

Aline era natural de Machados (PE) e Marcos era de Orobó, também no Pernambuco. Segundo relatos de testemunhas, fazia pouco tempo que o casal morava em Americana.

Casal morava em uma kitnet na Avenida Paulista – Foto: Paula Nacasaki / O Liberal

O casal trabalhava num restaurante na Avenida Paulista e uma colega de trabalho de Aline teria tentado falar com ela várias vezes ao longo do dia, mas sem sucesso.

Diante da situação, ela contatou outra amiga, que é vizinha do casal, pedindo para que verificasse se algo havia ocorrido, já que ela sabia que os dois tinham brigado.

A vizinha então percebeu as luzes da kitnet acesas quando foi até o imóvel, às 19h20, mas ninguém respondia e então ela pediu para que a proprietária abrisse a porta. Neste momento, encontraram com Marcos pendurado por uma corda de varal no pescoço e Aline caída ao lado da cama, sem sinais de violência.

O LIBERAL esteve no endereço do casal na manhã de quarta-feira (6). Alguns vizinhos relataram que nunca viram o casal e outros apontaram que eles tinham mudado há uma semana para o endereço.

Em um estabelecimento comercial que fica bem próximo da kitnet, um dos responsáveis contou que estavam em atividade na hora do crime e não ouviram nenhum barulho ou ação suspeita. Eles só perceberam algo fora do comum com a chegada das viaturas das polícias Civil e Militar.

Publicidade