33ª Festa do Peão de Americana gera 6 mil empregos

Movimentação em torno do evento, que tem início na próxima sexta, começa cinco meses antes; montagem entra na fase final


Foto: Divulgação
A festa espera reunir 250 mil pessoas

A 33ª edição da Festa do Peão de Americana, que começa sexta, gera cerca de seis mil empregos diretos e indiretos. O número corresponde ao total de pessoas envolvidas na organização e na estrutura do evento.

A movimentação em torno da festa começa cinco meses antes do seu início e ganha força nesta semana, com a fase final dos preparativos.

“À medida que vai se aproximando o dia da abertura, mais gente começa a circular pelo recinto e a mão de obra envolvida só aumenta”, diz o presidente do CCA (Clube dos Cavaleiros de Americana), Beto Lahr.

A estrutura está praticamente pronta, com arquibancadas e camarotes na fase final de montagem. Além dos operários envolvidos, os empregos também incluem os funcionários da praça de alimentação – neste ano serão perto de 60 barracas entre opções de comida e bebida – peões, e equipes de apoio.

Na terça, os organizadores irão apresentar o plano de segurança para o evento, que envolve o recinto e o entorno, incluindo as duas rodovias de acesso ao parque de eventos – a Anhanguera e a Luiz de Queiroz.

A festa espera reunir 250 mil pessoas. O maior público é esperado para o dia 15, com show de Zé Neto e Cristiano. Os ingressos custam a partir R$ 15, dependendo do dia e do espaço (arquibancada ou camarote).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora