21 de abril de 2024 Atualizado 01:22

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Notícias que Inspiram

A alegria de correr atrás do que faz feliz: a história do corredor Melquíades, de 78 anos

Em Santa Bárbara, Melquíades Fernandes dos Anjos, um atleta amador de 78 anos, acumula mais de 100 pódios

Por Jucimara Lima

18 de fevereiro de 2024, às 09h26 • Última atualização em 19 de fevereiro de 2024, às 10h20

Orgulhoso dos feitos, o aposentado tem como marco o quadro que representa o seu centésimo pódio – Foto: Leonardo Matos / Liberal

Com a jovialidade de um menino e um sorriso que não sai do rosto, aos 78 anos, o aposentado Melquíades Fernandes dos Anjos faz sucesso na equipe de assessoria e grupo de corrida Novo, comandado pelo fisiologista Murilo Feltrin, de 35 anos. Segundo o profissional, o atleta amador é o mais animado entre os alunos. “Todo mundo é apaixonado por ele, especialmente porque ele faz todos se sentirem motivados”, justifica.

Para Murilo, o aluno é um exemplo a ser seguido. “Ele é um senhor de quase 80 anos, que corre bem e não apenas corre, como também exala uma alegria contagiante.”

Primeira corrida

Comprovando que nunca é tarde para iniciar, Melquíades, que é morador do Jardim Mollon IV, em Santa Bárbara d’Oeste, começou a correr após os 50 anos. “Sempre joguei futebol, gostava de esportes e até corria com alguns amigos, mas nada muito sério. Comecei a correr meio maduro”, brinca.

O aposentado se recorda de que o interesse pelo esporte surgiu após ver pessoalmente atletas quenianos em uma corrida na Avenida Brasil, em Americana. “Me senti muito motivado quando vi, aí fui lá, cumprimentei os corredores e quis saber como funcionava essas corridas com inscrição.”

📲 Receba as notícias do LIBERAL no WhatsApp

Já na primeira prova, mesmo lesionado (ele trabalha em uma chácara e havia machucado o pé), pegou o terceiro lugar dentro de sua categoria da época (60 anos ou mais), na corrida do Tivoli Shopping. “O médico falou que eu precisava ficar uns dias sem correr, mas a corrida era aqui, em cima do meu nariz, eu não podia deixar de participar”, argumenta.

Encontro com grupo

Há cerca de 7 anos, Melquíades foi apresentado ao grupo Novo e desde então passou a correr sob orientação de Murilo, com treinamentos de cerca de uma hora, três vezes na semana.
“Meu genro sempre me apoiava, me levava para as corridas, me inscrevia nas provas e aí me apresentou o Murilo, essa pessoa fantástica, que me dá um apoio incrível”, pontua.

Siga o LIBERAL no Instagram e fique por dentro do noticiário de Americana e região!

Com 13 anos de experiência no grupo de corrida, Murilo não tem dúvida de que o aposentado, que já participou de mais de 200 corridas e oficialmente correu mais de 4 mil quilômetros, é o seu atleta mais consagrado. “No quesito amador, na idade dele, é o que acumula mais premiações.”

Saúde

Dono de uma disposição invejável, Melquíades acorda às 5h para treinar e afirma que a rotina puxada é agradável e proporciona vitalidade. “Não tenho nenhum problema de saúde e graças a Deus nunca me lesionei correndo. Sabe que fui fazer uma consulta e o médico quis até fazer um vídeo comigo, porque disse que minha saúde estava melhor que a dele”, diverte-se.

Além de fazer exames médicos regulares, o aposentado conta que mantém uma alimentação saudável. “A gente não faz tudo perfeito, mas tenta, né?”. Segundo ele, seu único pecado é “comer um docinho vez ou outra”. “A gente sabe que não vai fazer bem, mas às vezes não tem problema, porque eu não sou de beber nem fumar”, explica.

Murilo e Melquíades treinam 3 vezes na semana – Foto: Leonardo Matos / Liberal

Progressos

Atualmente, Melquíades corre na categoria de 70 anos ou mais, contudo, esporadicamente, acaba concorrendo na dos 60 ou mais, por não ter muitos concorrentes na sua idade. “Ainda assim, ele vence os mais jovens, então, a gente fica muito orgulhoso”, conta o treinador.

Para ele, o mais importante, seja para corredores iniciantes ou veteranos, é manter os exames médicos atualizados. “Procure um cardiologista e um ortopedista, faça um check-up completo e, estando tudo bem, procure uma assessoria de corrida. Fazendo tudo isto, não tem como dar errado.”

Faça parte do Club Class, um clube de vantagens exclusivo para os assinantes. Confira nossos parceiros!

Prêmios e sonhos

Cuidadoso com as premiações, Melquíades conta que tem um espaço em cima do guarda-roupa reservado para guardar seus troféus, além de uma parede de medalhas, embora ambos os lugares estejam ficando pequenos.

“É muita medalha e tenho um amor muito grande por elas, porque representam as corridas que participei”, reflete.

Orgulhoso das conquistas, ele confessa ter suas preferências. “Todos são valorosos, do maior ao menor, mas sempre tem um que traz mais emoção, recordação, orgulho do que realizou. Para mim, é o do centésimo pódio.”

Já em fase de preparação para a próxima corrida, ele mantém vivo um sonho dentro do esporte. “Participar de uma São Silvestre. Enquanto Deus me der disposição, vou continuar correndo”, finaliza. 

As notícias do LIBERAL sobre Americana e região no seu e-mail, de segunda a sexta

* indica obrigatório

Publicidade