23 de abril de 2024 Atualizado 17:35

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Celebridades

Lei da atração

Antes mesmo de ser chamado para “Impuros”, Ed Lopez já sonhava em participar da série do Star+

Por MÁRCIO MAIO - TV PRESS

04 de dezembro de 2023, às 12h46 • Última atualização em 04 de dezembro de 2023, às 12h47

Quando foi chamado para disputar um papel na quarta temporada de “Impuros”, já disponível no catálogo do Star+, Ed Lopez sabia, de alguma forma, que estaria o elenco. Para ele, foi uma espécie de resultado do que chama de lei da atração. Isso devido a um fato curioso que aconteceu três dias antes de saber do interesse da produção em ver seu material de vídeo.

“Eu estava sentado na calçada da minha casa com o meu cachorro e passou um grupo de pessoas indo em direção a uma base de produção que fica na minha rua. Perguntei a um deles o que estavam gravando e ele respondeu que era a quarta temporada de ‘Impuros’. Fiquei pensando ‘eu vou fazer essa série’ e comecei a me imaginar nela”, lembra.

A vontade de participar da trama vinha de seu próprio interesse como telespectador. Afinal, já tinha assistido às duas primeiras levas de episódios e gostou bastante do que viu. Hoje, com o resultado do trabalho no ar, Ed já colhe frutos de sua participação ali. “Foi por causa da série que vim parar em ‘O Auto da Compadecida 2’. A assistente de ‘Impuros’ gostou do meu trabalho e me indicou para o Guel Arraes”, entrega. O longa-metragem está previsto para ser lançado no ano que vem.

Em relação a “Impuros”, um dos fatores que mais atraiu Ed foi justamente o universo no qual o texto é ambientado. “A história fala de um mundo fora da minha realidade. Conheço pouco da vida nas comunidades que são controladas pelo tráfico. O que eu sei é o que ouço e vejo nos filmes e nos noticiários”, conta. A velocidade da narrativa e os ganchos entre um episódio e outro são outros pontos que o ator destaca. Além disso, o próprio contexto no qual seu personagem é inserido o agradou. “Gosto muito do Seu Marinho, do medo que ele tem. Amo as caras que ele faz quando está sendo obrigado a trabalhar para o crime”, diz.

Na trama, Marinho é um gari que faz pequenos serviços para o tráfico. “É um pobre coitado, tenho pena dele. Mas, ao mesmo tempo, simpatizo com ele. Ele é coagido a trabalhar para o crime”, defende. Quando descobriu que estaria de fato na série e qual seria o personagem, Ed logo se lembrou de um primo da melhor amiga dele. “Sandro é gari e, às vezes, trabalha em frente à minha casa cortando grama. Sempre que passa o caminhão, ele me apresenta aos amigos dizendo que sou primo dele. Eu prestei mais atenção nos garis amigos do Sandro”, revela.

Nome completo: Edimilson Lopes da Silva.

Nascimento: 18 de setembro de 1974, em Ocara, no Ceará.

Atuação inesquecível: Como Valdemar em “Malhação – Viva a Diferença”, 25ª temporada do seriado, exibido originalmente pela Globo entre 2017 e 2018.

Interpretação memorável: Osmar Prado como Tião Galinha em “Renascer”, novela escrita por Benedito Ruy Barbosa e exibida originalmente pela Globo em 1993.

Momento marcante na carreira: “Quando tive uma cena com Domingos Montagner na novela ‘Velho Chico’. Perdi a voz um dia antes da gravação e ela só apareceu na hora de gravar. Já tinha outro ator esperando para fazer no meu lugar. Fiz assim mesmo, com voz rouca, e foi o que chamou a atenção da direção da novela”.

O que falta na televisão: “Bons personagens para atores nordestinos”.

O que sobra na televisão: “Atores que não sabem atuar”.

Com quem gostaria de contracenar: Renata Sorrah.

Se não fosse ator, seria: “Não sei”.

Ator: Irandhir Santos.

Atriz: Renata Sorrah.

Novela: “Vale Tudo”, escrita por Gilberto Braga, Aguinaldo Silva e Leonor Bassères, exibida originalmente pela Globo entre 1988 e 1989.

Vilão marcante: Alexandre, papel de Guilherme Fontes no remake de “A Viagem”, escrita por Ivani Ribeiro e exibida originalmente pela Globo em 1994.

Que novela gostaria que fosse reprisada: “Velho Chico”, escrita por Benedito Ruy Barbosa, Edmara Barbosa e Bruno Luperi e exibida pela Globo em 2016.

Que papel gostaria de representar: “Um vilão”.

Filme: “Ghost – Do Outro Lado da Vida”, dirigido por Jerry Zucker e lançado em 1990.

Autor: Gilberto Braga.

Diretor: Pedro Almodóvar.

Mania: “De ranger os dentes”.

Medo: “De ficar sem trabalho”.

“Impuros” – Quatro temporadas disponíveis no Star+.

Publicidade