21 de abril de 2024 Atualizado 01:22

8 de Agosto de 2019 Grupo Liberal Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Celebridades

Com todo o gás

De volta às novelas, Claudia Raia entra no elenco de “Terra e Paixão”

Por AROLINE BORGES - TV PRESS

05 de dezembro de 2023, às 09h32 • Última atualização em 05 de dezembro de 2023, às 09h33

Os anos passam, mas a curiosidade artística de Claudia Raia segue inabalável. Há quatro décadas diante das câmeras, a atriz de 56 anos ainda não saciou sua sede por desbravar e conhecer novas histórias. Após a licença-maternidade para cuidar do terceiro filho, Luca, fruto de seu casamento com Jarbas Homem de Mello, ela encara a retomada da rotina nos estúdios de tevê da trama de “Terra e Paixão”, em que vive a trambiqueira Ermengarda.

“Por mais que pareça, um personagem nunca é igual ao outro. E meu desafio é justamente buscar o que os torna diferentes entre si, qual é a característica que os torna únicos e como posso explorar isso. Entrar em uma novela que já está no ar há um tempo, consolidada e fazendo muito sucesso, também é um desafio. Você é um peixinho meio fora do aquário. Pensar nessas coisas, estudar o personagem, me dá esse frio na barriga gostoso da novidade”, aponta.

Na história de Walcyr Carrasco, Ermengarda é a verdadeira mãe do italiano Luigi, papel de Rainer Cadete. Sua chegada ao pequeno município de Nova Primavera causa uma série de empecilhos para Irene, de Gloria Pires. Aliada de Agatha, vivida por Eliane Giardini, a personagem fica de olho na relação da esposa de Antônio La Selva, de Tony Ramos, e Vinícius, interpretado por Paulo Rocha.

“Ela não é aquela mãe zelosa, cuidadosa, que só pensa no bem-estar do filho. Ela é uma grande trambiqueira, e os dois têm isso em comum. Na verdade, ela é bem pior do que o Luigi, ou seja, podem esperar tudo dela. Tudo bem que isso acaba os aproximando também. É uma relação em que os dois querem se dar bem sempre”, defende.

A chegada ao elenco de “Terra e Paixão” inicia uma nova fase na vida de Claudia. Morando em São Paulo, ela tem encarado uma exaustiva ponte área para gravar a novela das nove. Mesmo com todos os entraves e saudades do filho, que acaba de completar nove meses, a atriz celebra o reencontro com seu lado profissional.

“Voltar a sair de casa para trabalhar me coloca em um outro lugar. Dá muita saudade (do Luca), parece que está faltando um pedaço de mim, mas ao mesmo tempo me sinto muito realizada por estar fazendo o que eu amo fazer. Busco sempre olhar o lado mais cheio do copo, e neste caso não é diferente. Afinal, além de mãe, sou mulher, atriz, produtora… E agora vou começando a reencontrar esses outros lados meus, que estavam mais adormecidos”, aponta.

O trabalho, inclusive, sempre foi parte fundamental da rotina de Claudia. Após meses se dedicando exclusivamente ao pequeno Luca, a atriz está pronta para seguir tocando projetos além da tevê. Assim que encerrar sua passagem pelo folhetim do horário nobre, ela voltará suas atenções para o teatro.

“Agora vou emendar numa frente de trabalhos e estou muito animada com isso. Depois que terminar minha participação em ‘Terra e Paixão’, começo a preparação para o musical ‘Tarsila, A Brasileira’, que estreia em janeiro de 2024. É muito bom ver tantos projetos ganharem vida”, valoriza.

“Terra e Paixão” – De segunda a sábado, às 21h30.

Publicidade