01 de dezembro de 2020 Atualizado 14:01

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Revista Saúde

Desmistificando o yoga

A tradição milenar indiana atua em benefício do corpo e da mente; filosofia de vida cuja origem remete há 5 mil anos tem milhões de adeptos

Por Isabella Holouka

19 nov 2020 às 08:51

yoga - Foto: Adobe Stock

A psicoterapeuta Ana Desopa, de 33 anos, teve o primeiro contato com o Yoga há quatro anos. O que iniciou principalmente devido à curiosidade acabou se tornando importante em sua vida, para além da atividade física.

“Hoje eu busco mais a parte filosófica, gosto de ler bastante, fora a prática dos ásanas. Tenho praticado todos os dias e senti um salto na harmonia comigo mesma, no meu espírito, que hoje em dia eu vejo de uma forma completamente diferente”, conta ela, que também cita como vantagens o controle do estresse, especialmente com o Yoga pela manhã, além do alongamento e do fortalecimento muscular.

“Com a prática você percebe a evolução e quer praticar cada vez mais. Você também sente o Yoga em você, e os benefícios que ele traz para a sua saúde mental, para a sua saúde energética e espiritual”, afirma ela, ressaltando que “Yoga é dedicação”.

O Yoga é uma tradição oriental que reúne conhecimentos e disciplinas físicas, cuja origem remete à Índia há 5 mil anos. Atualmente, a filosofia de vida tem milhões de adeptos ao redor do mundo, destacando-se como um sistema holístico que trabalha o corpo e a mente. A palavra Yoga deriva da raiz sânscrita “yuj”, que significa “atar, reunir, religar”.

“Entendemos como a união do corpo, da mente, das emoções”, explica o professor João Mário, do Núcleo de Yoga, em Americana, que tem uma longa trajetória vivenciando a filosofia oriental e o caminho espiritual.

“O Yoga pode ser um caminho para o autoconhecimento e o auto aperfeiçoamento. E não tem nada de místico ou esotérico. Enxergamos o Yoga como uma ciência exata, e orientamos as práticas com a intenção de desmistificá-lo”, afirma ele.

As aulas são uma espécie de treino, envolvendo o exercício da meditação, dos ásanas ou posturas, de controle sobre a respiração e de relaxamento.

As técnicas são utilizadas isoladas, mas também são combinadas, sempre no intuito de promover o bem-estar psicofísico e trabalhar o corpo como um todo, envolvendo ainda o reequilíbrio energético, tanto no corpo sutil quanto no corpo etéreo.

Ana Desopa, psicoterapeuta “Você sente os benefícios que o Yoga traz para a sua saúde” – Foto: Arquivo Pessoal (1)

Para isso, as posturas não precisam ser extremamente complicadas. Muitas delas podem até parecer simples e rotineiras, mas envolvem a consciência e a tonicidade, que as tornam desafiadoras e agregam benefícios.

“Na prática do Yoga vamos vivenciar situações de alegria e de estresse. É um treino para ficarmos bem, especialmente para quando estivermos lá fora”, explica João

Mário, em alusão ao exterior ao tapete de Yoga, o dia a dia.

“Se pararmos para ver os problemas que temos ao longo da vida, certamente são criados por querermos satisfazer desejos do corpo ou da mente. A sensação é de que o ser humano está sempre correndo atrás da paz, enquanto nós já somos a paz que buscamos. Através da prática de yoga, temos condições para vivenciarmos o real sentimento de paz, independente de todo e qualquer fator externo”, defende o professor. 

Além dos benefícios físicos

Quando você realmente consegue, sente o Yoga também através do seu coração, afirma a professora Sheila Reame – Foto: arquivo Pessoal

Muita gente pensa que o Yoga é só ficar em ‘Om’, ou que são posturas mega difíceis, e isso afasta quem poderia se beneficiar da prática, na opinião da professora Sheila Reame Vital, de 35 anos, de Americana, que pratica yoga desde a adolescência e dá aulas há 4 anos.

Ela observa que problemas como a ansiedade, o estresse e crises de pânico têm motivado as pessoas a buscarem o Yoga, bem como o desejo de desenvolver a flexibilidade, o alívio de dores, a busca pelo autoconhecimento e por mais tranquilidade.

Apesar de citar inúmeros benefícios para os sistemas digestivo, respiratório, nervoso, imunológico e endócrino, Sheila ressalta como grande aprendizagem do Yoga o desenvolvimento da presença. “Eu convido os alunos a estarem presentes naquele momento, postura, respiração. E quando conseguimos, cessamos a ansiedade. Encontramos a paz, o amor, a alegria, o bem-estar que é estar na minha própria presença”, explica ela.

“Quando você realmente consegue, sente o Yoga não só fisicamente, mas também através do seu coração. Eu sou uma simples aprendiz no caminho do Yoga, e ainda sinto os benefícios chegando na minha vida”, finaliza.

Glossário do yoga

  • YOGI E YOGINI Praticantes de Yoga em nível avançado.
  • ÁSANAS Posturas desenvolvidas pelos Yogis indianos, com a finalidade de oferecer equilíbrio físico, mental e espiritual.
  • PRANAYAMA Exercícios respiratórios que auxiliam no controle e dominação do PRANA, energia vital que traz a força e vida aos órgãos e às células, para a harmonia entre o corpo e a mente.
  • NAMASTÊ Lema fundamental e saudação no Yoga, significa “a essência/o divino que habita em mim saúda a essência/o divino que habita em você”.
  • MANTRA Combinações de sons emitidos repetidamente para a concentração, a reflexão e a centralização de energia, popularmente conhecidos pelo uso relacionado à meditação. Foram escritos por mestres e gurus indianos, para pessoas em desenvolvimento mental e espiritual.
  • YAMA E NYAMA Princípios do Yoga, que baseiam a prática e a vida de um yogi
    Yamas (conduta moral e ética): Ahimsã (não-violência), Satya (veracidade), Asteya (não roubar), Brahmacarya (domínio da energia) e Aparigraha (não-possessividade)
    Nyama (conduta disciplinar): Sauca (pureza), Santosa (contentamento), Tapas (perseverança), Svãdhyãya (autoestudo) e Isvara-pranidhãna (entrega ao absoluto)

Publicidade