Veja como aproveitar todas as propriedades do maracujá

Fruta traz muitas propriedades nutritivas, além de deixar seus nervos calminhos


Foto: Food photo created by rawpixel.com - www.freepik.com
O maracujá tem substâncias que ajudam a combater ansiedade, depressão e distúrbios do sono

O maracujá é uma fruta que sempre foi associada ao efeito sedativo. Quem nunca ficou nervoso ou estressado e recebeu a indicação para tomar suco de maracujá para se acalmar? Pois bem, a fruta traz muitas propriedades nutritivas, além de deixar seus nervos calminhos.

Mas, esse não é o único benefício. O maracujá tem substâncias que ajudam a combater ansiedade, depressão e distúrbios do sono.

Rico em vitaminas A, B e C, além de cálcio, ferro, fósforo, sódio e potássio, é também um ótimo antioxidante com fibras solúveis e baixas calorias. As propriedades melhoram o sistema imunológico, a digestão e o melhor: é anticancerígeno.

A fruta é capaz de evitar lesões como a catarata, muito comum em idosos, e regula a pressão sanguínea. Um maracujá contém mais do que 100% de vitamina C necessária para uma dieta saudável. Isso contribui para manter os níveis de ferro e hemoglobina no sangue.

Consumida na forma de farinha, a casca do maracujá evita picos de insulina, combate o colesterol ruim e ainda ajuda a emagrecer, misturada em sucos e iogurtes.

Tipos mais comuns

Maracujá-amarelo: é o mais popular. Sua aparência enrugada e paladar ácido é muito utilizado em sucos, sorvetes, geleias e doces.

Maracujá-doce: por ser mais doce, é consumido de forma natural porque não precisa adoçar. É mais cultivado em outros países da América do Sul e no Havaí.

Maracujá-roxo: pequeno e com pouca acidez, é cultivado apenas na região sul do Brasil, sendo mais popular na Holanda e na Bélgica.

Vitamina

Para aproveitar todos os benefícios que a fruta oferece, prepare uma vitamina de maracujá. No liquidificador, bata a polpa de um maracujá azedo com dois copos de iogurte natural desnatado. Em seguida, adoce a gosto e acrescente gelo picado. Fica uma delícia e mata a fome no lanche da tarde.

 

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora