22 de Maio de 2020 Atualizado 22:37

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Em casa

Bem-estar deve ser meta durante toda quarentena

Isolamento social por conta do novo coronavírus pode causar problemas como ansiedade e angústia neste período

Por Danilo Reenlsober

03 Maio 2020 às 09:23 • Última atualização 03 Maio 2020 às 09:38

Diariamente, somos bombardeados com notícias referentes à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Novos casos confirmados, mortes, economia em colapso, entre tantas outras. Diante desse cenário, é natural que nosso cérebro comece a desenvolver sentimentos de ansiedade e angústia devido ao futuro que nos aguarda. No entanto, o bem-estar pessoal é a chave para combater esse tipo de mal.

De acordo com Rosely Cordon, professora pesquisadora do projeto “Mapas de Evidências Clínica das Práticas Integrativas em Saúde”, conhecer o nosso próprio corpo é uma das principais ferramentas para regular o funcionamento integrado e aumentar o bem-estar. Algumas ações, como atividades físicas, alimentação saudável e meditação são armas contra sentimentos maléficos.

Apesar de toda a tensão por conta da Covid-19, é importante manter a cabeça em ordem – Foto: Pixabay

“É importante respeitar o momento de cada um e as limitações, aceitando cada escolha, sem pressão para inserir as dicas de autocuidado na rotina diária. Minha sugestão é a de aceitar as emoções sem julgar: se tiver que chorar, chore e se tiver que rir, ria. Afinal, as escolhas dizem respeito a uma única pessoa e a mais ninguém: a você”, afirma. “É importante ter em mente que você deve ser sua prioridade sempre”.

A especialista elencou algumas atitudes que, se praticadas no dia a dia, ajudam a afastar certos males. Atividade física e alimentação saudável são os pilares de qualquer corpo saudável.

“Exercícios físicos todos os dias trazem bem-estar mental e ajuda a tratar a ansiedade, já que produzem serotonina. Além disso, cozinhar a própria refeição pode certamente ajudar a evitar várias doenças crônicas, já que permite maior controle dos ingredientes que estão sendo usados”.

Dicas da Rosely
Confira algumas orientações que podem te ajudar neste período de isolamentos social em todo o mundo:

Conexão virtual
O celular pode ser um aliado do bem-estar. Ele pode ser usado, por exemplo, para reunir amigos remotamente e se divertir com eles. “Use e abuse dos aplicativos de conversa, já que temos que manter apenas o distanciamento físico. Diversos estudos têm demonstrado que contar com bons amigos melhora a nossa saúde, tanto física quanto mental”.

Evite excessos
Além do momento de meditação e relaxamento, o celular, assim como outros aparelhos eletrônicos como a TV, também são proibidos antes de dormir, já que a luz desses equipamentos prejudicam a reprodução do hormônio responsável pelo sono, a melatonina. “Dormir bem é um dos aspectos mais importantes para a manutenção da saúde. É um hábito associado não só à prevenção de doenças, mas também a melhoras no humor e no bem-estar mental”, apontou Rosely.

Relaxe
Meditar, rezar ou escolher um momento para relaxar também é essencial. “Pratique o que faz bem para você”, ressaltou. A ideia é a de promover um momento de desconexão com os problemas, preocupações, das notícias negativas. Além disso, tire um momento para ter contato com o sol, nossa fonte de vitamina D. “Ela só pode ser produzida pelo organismo quando há contato com o sol”.

Siga em frente
Segundo a especialista, nesses momentos de pandemia, em que o futuro parece incerto, é essencial escolher atividades que te forcem a seguir em frente. “Sabe aquele projeto de escrever um blog, um livro, montar um site, terminar seu TCC ou qualquer outra ideia que vem te seguindo faz tempo? Essa é a hora de tirar do papel”.