09 de agosto de 2020 Atualizado 09:56

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Futebol

Santos muda melhor defesa pela 1ª vez no ano com entrada de titular de 2019

Por Agência Estado

20 fev 2020 às 07:45 • Última atualização 27 abr 2020 às 12:04

Times menos vazado do Campeonato Paulista ao lado do Palmeiras – apenas três gols sofridos -, o Santos enfim vai mudar o seu quarteto defensivo em 2020 e para a entrada de um zagueiro com status de titular na temporada 2019. No sábado, quando entrar em campo para encarar o Ituano, no Novelli Júnior, Luiz Felipe não estará em campo, sendo substituído por Lucas Veríssimo.

Luiz Felipe foi titular da zaga santista nas seis primeiras rodadas do Campeonato Paulista. Mas estará suspenso no fim de semana, pois recebeu o terceiro cartão amarelo no empate por 0 a 0 com a Ferroviária, no último domingo.

A ausência de Luiz Felipe abre espaço para o retorno de Lucas Veríssimo. O zagueiro ainda não atuou pelo Santos em 2020 por ter sofrido um estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito durante a pré-temporada. Recuperado, ficou no banco de reservas em Araraquara, por opção do técnico Jesualdo Ferreira.

Em Itu, porém, Lucas Veríssimo estará de volta ao time, ao lado de Luan Peres. Será uma dupla incomum no Santos, ao menos de acordo com o histórico, pois em 2019, quando Gustavo Henrique estava indisponível, o companheiro de Veríssimo costumava ser Luiz Felipe, atuando pela direita enquanto as principais chances para Luan eram no lado esquerdo da zaga, em função costumeiramente exercida por Veríssimo.

“O Veríssimo é um jogador muito importante para o nosso grupo. Ano passado ele se destacou e foi um dos melhores zagueiros do Brasileirão com muitos méritos. Vem para somar e tem muito para agregar ao elenco”, afirmou Luan Peres ao site oficial do Santos.

Nos seis primeiros que disputou em 2020, o Santos teve cinco jogadores sendo titulares em todos eles: Luan Peres, Pará, Luiz Felipe, Felipe Jonatan e Diego Pituca. São eles, portanto, o quarteto do sistema defensivo e um volante.

Esse quinteto deixará de atuar junto pela primeira vez na partida com o Ituano, por causa da suspensão de Luiz Felipe. Mas é bem provável que a “nova” defesa se repita mais vezes em 2020, pois Lucas Veríssimo terminou a última temporada como titular – atuou nessa condição em 38 dos 64 jogos da equipe em 2019.

O confronto em Itu será, portanto, um teste para ele e também para Lucas Veríssimo. E colocará em risco o retorno de Luiz Felipe ao time quando ele estiver livre da suspensão automática.