08 de agosto de 2020 Atualizado 20:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

+ Esportes

Patrocínio ajuda polonês Robert Kubica a ser piloto reserva da Alfa Romeo na F-1

Por Agência Estado

01 jan 2020 às 13:59 • Última atualização 27 abr 2020 às 11:39

Robert Kubica foi anunciado, nesta quarta-feira, como novo piloto reserva e de desenvolvimento da Alfa Romeo para a temporada 2020 da Fórmula 1. O polonês retorna para a equipe na qual fez sua estreia na principal categoria do automobilismo há 14 anos, quando tinha o nome de BMW Sauber. O finlandês Kimi Raikkonen e oo italiano Antonio Giovinazzi seguem como titulares da escuderia.

A contratação de Kubica, de 35 anos, também leva para a equipe suíça a marca da empresa petrolífera polonesa PKN Orlem, o que fará com que a equipe mude seu nome para Alfa Romeo Racing Orlem.

“Estou muito feliz por começar este novo capítulo da minha carreira com a Alfa Romeo Racing Orlem”, disse Kubica. “Esta equipe tem um lugar especial no meu coração e estou satisfeito de encontrar alguns rostos conhecidos dos meus anos aqui em Hinwil”, disse o primeiro polonês a ingressar na F-1.

Kubica pilotou na equipe de Peter Sauber entre os anos de 2007 a 2009, quando venceu o GP do Canadá, em 2008. O polonês sofreu um grave acidente de rali, em 2011, quando por pouco não perdeu o braço direito, o que o deixou com muitas limitações para dirigir um carro de corrida.
Com apenas um ponto ganho na temporada passada, Kubica anunciou em setembro sua saída da Williams. “O tempo e as circunstâncias são obviamente diferentes, mas eu estou convencido de que vou encontrar a mesma determinação e fome de ter sucesso”, disse o piloto.

O chefe da equipe Alfa Romeo, Frederic Vasseur, deu as boas-vindas a Kubica. “Ele é um piloto que não precisa de apresentação, pois se trata de um dos mais brilhantes pilotos de sua geração e alguém que mostrou o verdadeiro significado da determinação humana em sua luta para voltar às corridas após o acidente”, afirmou. “O retorno será inestimável à medida que continuarmos a buscar resultados para a equipe.”

A Alfa Romeo terminou a última temporada em oitavo lugar com 57 pontos, à frente apenas da Haas (28) e Williams (um).