17 de janeiro de 2022 Atualizado 22:00

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Publicidade

Compartilhe

Futebol

Multas, horários e treinos: as regras de Xavi como novo treinador do Barcelona

Ídolo do clube foi apresentado e já definiu diretrizes para o elenco em processo de reconstrução do clube

Por Assessoria

26 nov 2021 às 11:40

O Barcelona foi buscar em um antigo ídolo a possível saída para a crise que afeta o clube. Em uma crise financeira brutal e rendendo abaixo das expectativas, o presidente Joan Laporta decidiu contratar Xavi como novo treinador do clube. Representante do período mais vitorioso na história do Barça, o ex-meio-campista chegou ao Barça com uma série de regras.

A análise esportiva e palpites para hoje nos jogos do Barcelona em sites de apostas mostra que a equipe deixou de ser competitiva no cenário internacional. O time tem oscilado no meio da tabela do Campeonato Espanhol e corre o risco de ser eliminado na primeira fase da Liga dos Campeões. Xavi chegou para reverter isso, e não vai aliviar para o elenco do Barça. As regras estão na mesa e quem não cumpri-las deve perder espaço com o treinador.

A lista inclui uma série de regras. Os atletas deverão chegar aos treinos com uma hora e meia de antecedência. A ideia é aproveitar essa janela de tempo para palestras e integração entre o elenco. Já a comissão técnica precisará chegar com duas horas de antecedência.

Memphis Depay em lance: time tem oscilado no meio da tabela do Campeonato Espanhol – Foto: Miguel Ruiz / Barcelona

A alimentação dos atletas será feita nas dependências do centro de treinamento do clube. A intenção é que nutricionistas e médicos tenham maior controle sobre o que os jogadores estão ingerindo, para evitar lesões e melhorar a capacidade física.

Pode parecer besteira, mas Xavi já definiu que a escolha dos tituares será feita com base no rendimento dos treinos. Na Europa, é comum jogadores mais experientes terem a preferência na escolha dos onze iniciais. Recentemente, o zagueiro Piqué afirmou que poderia renovar seu contrato com o Barça, mas que não aceitaria ser reserva.

O treinador também ficará atento às atividades extra-campo. Nada será barrado pela comissão técnica, mas a recomendação é de que as ações não atrapalhem o desempenho do time. Até mesmo viagens longas, terão que ter o conhecimento prévio do treinador.

O clube também proibiu que jogadores façam esportes de risco para integridade física, como surfar, andar de bicicleta elétrica, moto ou qualquer outra atividade que seja semelhante. Esse tipo de prática poderá levar até mesmo a uma rescisão contratual por se tratar de uma infração gravíssima.

Diante de tantas regras, o clube restabeleceu multas e penalidades que haviam sido descontinuadas com a saída do técnico Luis Enrique. Os treinadores que chegaram depois acreditavam que o elenco era suficientemente profissional e que não precisava de tanto controle. Mas essa ideia caiu por terra sob a nova gestão.

Para além das regras, Xavi também já definiu uma lista de jogadores que serão dispensados no fim da atual temporada. Com um desempenho tão ruim, a ideia é dar oportunidade para jovens jogadores formados no clube, negociar os medalhões e estruturar financeiramente o clube.

Segundo o programa espanhol “El Chiringuito”, seis jogadores estão na lista de dispensas do comandante: os zagueiros Samuel Umtiti e Clement Lenglet, o meia brasileiro Philippe Coutinho, os atacantes Martin Braithwaite e Luuk de Jong e o goleiro Neto, também brasileiro.

Publicidade