Grêmio leva susto no fim, mas supera CSA em casa e entra no G-4


Em um jogo que teve um final alucinante, o Grêmio emplacou a quarta vitória seguida na noite desta quinta-feira ao bater o CSA, por 2 a 1, na Arena do Grêmio, e terminou a 31ª rodada no G-4 do Campeonato Brasileiro.

Beneficiado pela derrota do São Paulo para o Fluminense, em pleno Morumbi, por 2 a 0, o Grêmio assumiu a quarta colocação, com 53 pontos. Na outra parte da tabela, o CSA conheceu a sétima derrota seguida como visitante e estacionou nos 29 pontos, em 18º lugar, ainda dentro da zona de rebaixamento.

Como já era esperado, o Grêmio começou a partida em cima do CSA e precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Everton recebeu dentro da área e cruzou rasteiro para Diego Tardelli só completar. Antes, Luciano havia finalizado cruzado e ninguém desviou.

O time gaúcho continuava tendo mais posse de bola e quase ampliou aos 22 minutos. Didira saiu jogando errado e Luciano passou para Alisson chutar forte. João Carlos fez boa defesa. Depois disso, o Grêmio diminuiu o ritmo.

O CSA parecia sentir muita falta de Apodi, poupado por Argel Fucks, e criou apenas uma chance nos primeiros 45 minutos. Euller tabelou com Didira e soltou a bomba com muito perigo.

Em vantagem no placar, o Grêmio voltou do intervalo com a mesma postura e assustou aos sete minutos. Após desarmar João Vitor, Maicon viu João Carlos adiantado e tentou por cobertura. A bola saiu pela linha de fundo.

A resposta do CSA veio na sequência, quando Jean Cléber aproveitou rebote da zaga tricolor e bateu para defesa de Paulo Victor. Depois de levar alguns sustos, o Grêmio passou a administrar a posse da bola no campo de ataque.

Aos 36, Everton cruzou na marca do pênalti e Pepê cabeceou para fora. A partida ficou aberta nos minutos finais. Jean Cléber aproveitou ajeitada de Ricardo Bueno e bateu por cima.

O melhor ficou guardado para o final. Aos 44, Rafinha cobrou falta, a barreira abriu e a bola entrou no canto de Paulo Victor. O empate, porém, durou apenas três minutos. Everton cruzou e Ronaldo Alves desviou contra o próprio gol aos 47 minutos.

Os dois times voltam a campo no domingo, às 19 horas, pela 32ª rodada. O Grêmio enfrenta a Chapecoense, na Arena Condá, em Chapecó (SC). O CSA recebe o Vasco, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 2 x 1 CSA

GRÊMIO – Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Maicon (Rômulo), Matheus Henrique, Alisson (Pepê), Luciano e Everton; Diego Tardelli (Patrick). Técnico: Renato Gaúcho.

CSA – João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Ronaldo Alves e Euller (Ricardo Bueno); João Vitor, Jean Cléber e Didira (Bruno Alves); Warley, Alecsandro e Bustamante (Rafinha). Técnico: Argel Fucks.

GOLS – Diego Tardelli, aos 7 minutos do primeiro tempo. Rafinha, aos 44, e Ronaldo Alves (contra), aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – José Mendonça da Silva Junior (PR).

CARTÕES AMARELOS – Kannemann e Maicon (Grêmio); Alan Costa e Bruno Alves (CSA).

RENDA – R$ 304.304,00.

PÚBLICO – 11.334 pagantes.

LOCAL – Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora