Cruzeiro perde por 2 a 0 para CRB no Mineirão e vê crise aumentar


A crise no Cruzeiro ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira à noite. O time de Adilson Batista foi derrotado pelo CRB por 2 a 0, em pleno Mineirão, pela partida de ida da terceira fase da Copa do Brasil.

Como não há mais a regra do gol qualificado, o Cruzeiro precisa vencer por três gols de diferença na partida de volta, na próxima quarta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió (AL). Qualquer vitória cruzeirense por dois gols leva a decisão para os pênaltis. Até a derrota por um gol de diferença vai garantir o time alagoano na quarta fase.

O primeiro tempo teve o Cruzeiro com mais posse de bola, mas sem muita criatividade com ele. A equipe da casa tocava sem objetividade e praticamente não finalizou contra o gol defendido por Victor Souza.

O CRB, por sua vez, teve postura oposta. A equipe alagoana se fechou, mas foi letal quando se lançou ao ataque. Aos 16 minutos, na primeira chance dos visitantes, Erik cruzou na cabeça do centroavante Léo Gamalho que abriu o placar.

Após o intervalo, o Cruzeiro até melhorou e chegou a exigir boas defesas do goleiro Victor Souza, principalmente através do centroavante Marcelo Moreno, que passou a ser mais acionado.

No entanto, o CRB mostrou eficiência novamente e, aos 13 minutos, Dudu deu belo drible no zagueiro Cacá e entregou para Léo Gamalho, que só teve o trabalho de tocar para as redes e ampliar a vantagem dos visitantes.

O Cruzeiro ainda tentou reagir no final, mas mostrou abatimento com o resultado e desorganização tática. Com uma equipe jovem, o time da casa não conseguiu superar a defesa experiente do CRB, formada por Gum e Ewerton Páscoa, e acabou mesmo derrotado de novo em pleno Mineirão. No fim de semana, no mesmo palco, perdeu para o rival Atlético-MG por 2 a 1, pelo Campeonato Mineiro.

FICHA TÉCNICA:

CRUZEIRO 0 x 2 CRB

CRUZEIRO – Fábio; Edílson (Welinton), Cacá, Arthur e João Lucas (Rafael Santos); Machado, Jadsom Silva, Maurício e Everton Felipe (Robinho); Thiago e Marcelo Moreno. Técnico: Adilson Batista.

CRB – Victor Souza; Lucas Mendes (Thalisson Kelven), Gum, Ewerton Páscoa e Igor; Claudinei, Carlos Jatobá e Rafael Longuine (Dudu); Luidy (Léo Príncipe), Léo Gamalho e Erik. Técnico: Marcelo Cabo.

GOLS – Léo Gamalho, aos 16 minutos do primeiro tempo e aos 13 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Sávio Pereira Sampaio (DF).

CARTÕES AMARELOS – Machado, Jadsom Silva, Maurício, Robinho e Marcelo Moreno (Cruzeiro); Ewerton Páscoa e Igor (CRB).

RENDA – R$ 210.569,50.

PÚBLICO – 10.247 pagantes (13.118 no total).

LOCAL – Estádio do Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

LIBERAL VIRTUAL Acesse agora