16 de janeiro de 2021 Atualizado 11:21

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Convocação

Lateral revelado no Rio Branco vai para a seleção Sub-20

Em entrevista ao LIBERAL, Vanderson destacou a importância do Rio Branco para sua convocação

Por Rodrigo Alonso

27 nov 2020 às 09:21 • Última atualização 27 nov 2020 às 09:22

Revelado pelo Rio Branco, o lateral-direito Vanderson, de 19 anos, foi convocado pela primeira vez para a Seleção Brasileira de base nesta terça-feira (24). O atleta, que hoje defende as cores do Grêmio de Porto Alegre (RS), vai compor a equipe Sub-20 em um torneio quadrangular, no próximo mês.

A disputa vai acontecer na Granja Comary, centro de treinamento da seleção, em Teresópolis (RJ). O Brasil enfrentará Chile, Bolívia e Peru nos dias 12, 15 e 18 de dezembro, respectivamente. Ao todo, 23 jogadores foram chamados pelo técnico André Jardine.

Jogador defende o Grêmio atualmente – Foto: Arquivo / O Liberal

Pelo Tigre, Vanderson disputou o Campeonato Paulista Sub-17 de 2018 e marcou um gol na competição. Ele jogou sob o comando do técnico Raphael Pereira.

Nas redes sociais, o treinador lembrou que o jogador chegou ao Rio Branco como meio-campista, mas acabou sendo deslocado para a lateral. Atuando nessa posição, Vanderson se transferiu para o Grêmio, ganhou oportunidade no elenco profissional do clube gaúcho e apareceu na lista da Seleção Brasileira.

“Deslocado para a lateral direita, fez um excelente Campeonato Paulista. Mais um chegando à Seleção Brasileira”, comemorou Raphael.

Em 2018, o time Sub-17 era gerido pelo ex-atacante Sandro Hiroshi, que atualmente é apoiador da equipe profissional do Tigre. Após o Estadual, o clube negociou o atleta com o Grêmio, mas manteve um percentual de seus direitos econômicos, de acordo com o ex-dirigente.

Reconhecimento
Em entrevista ao LIBERAL, Vanderson destacou a importância do Rio Branco para sua convocação. “Se hoje essas coisas estão acontecendo na minha vida profissional, devo muito à cidade de Americana, principalmente ao Rio Branco, que foi onde abriram as portas para mim”, afirmou.

Natural de Rondonópolis (MT), o lateral disse que, antes de ir para o Tigre, estava num momento de desânimo com relação ao futebol. “Saí com 16 anos da minha cidade, já um pouco desmotivado, com uma idade avançada já”, completou o jogador.

Publicidade