20 de outubro de 2020 Atualizado 22:09

8 de Agosto de 2019 Atualizado 13:56
MENU

Compartilhe

Um mergulho bíblico

Vandré Silveira aguarda a estreia da série inédita “Amor dos Outros”

No elenco da novela “Jesus”, ator ainda teve a oportunidade de se aprofundar bastante na trajetória do personagem

Por TV Press

24 set 2020 às 17:19

Vandré Silveira tinha uma curiosidade aguçada pela história bíblica de Lázaro. No elenco da novela “Jesus”, que voltou ao ar recentemente, o ator teve a oportunidade de se aprofundar bastante na trajetória do personagem.

Na trama de Paula Richard, Lázaro ganhou sequências que vão além do famoso momento da ressurreição.

Vandré poderá ser visto em um trabalho inédito ainda este ano; ele está no elenco da série “Amor dos Outros” – Foto: Divulgação

“Um dos aspectos que diferenciam essa produção em relação às outras é o nível de aprofundamento. O casal Lázaro e Susana (Bárbara Reis) teve grande torcida do público. Recebo dezenas de mensagens diárias de pessoas que acompanham a novela e que estabeleceram uma relação de identificação e admiração com o personagem. Lázaro é realmente um homem bom, carismático, trabalhador e simples”, explica o ator, que tem acompanhando a reexibição do folhetim bíblico.

“Independentemente de religião, na minha visão, a novela carrega uma mensagem de amor e de fé como agentes de transformação na vida das pessoas. Estamos carecendo de bons exemplos de empatia e respeito às diferenças”, completa.

Apesar do momento de estagnação do setor audiovisual em virtude da pandemia, Vandré poderá ser visto em um trabalho inédito ainda este ano. Ele está no elenco da série “Amor dos Outros”, que estreia em breve no Cine Brasil TV e no Now.

Na produção gravada no ano passado, o ator interpreta Eurípedes, um caminhoneiro apaixonado, mas que nutre ciúmes da esposa Sandra, de Júlia Horta. “É um homem bom, porém machista, um bronco, que acha que a mulher tem de ficar em casa cuidando do lar”, adianta.

A série contou com gravações em São Luís, no Maranhão. Por conta da intensa rotina de gravações, Vandré não teve a chance de explorar a região turisticamente.

“Preciso voltar para conhecer os Lençóis Maranhenses. Alcântara é uma das cidades mais deslumbrantes que já conheci. Há uma magia e beleza no ar. Além de todo o caráter histórico dessa cidade que encanta”, valoriza.

Raio X de Vandré Santos Silveira

  • Nascimento: Em 29 de abril de 1981, em Belo Horizonte.
  • Atuação inesquecível: “John Merrick, conhecido como “O Homem Elefante”, no espetáculo homônimo dirigido pela Cibele Forjaz e pelo Wagner Antônio”.
  • Interpretação memorável: “O Coringa do Joaquin Phoenix. Aliás, ele faz um belo ‘Jesus’ no filme sobre Maria Madalena, de Garth Davis”.
  • O que falta na televisão: “Maior inclusão de vozes diversas e plurais”.
  • O que sobra na televisão: “Padrões idealizados e irreais”.
  • Com quem gostaria de contracenar: Fernanda Montenegro. “É uma referência inquestionável de talento e respeito à arte do ator”.
    Se não fosse ator, o que seria: “Ator. Não há outra possibilidade. É um sacerdócio (risos)”.
  • Ator preferido: Antônio Fagundes
  • Atriz preferida: A espanhola Najwa Nimri.
  • Novela preferida: “A Viagem”, da Globo, de 1994.
  • Personagem mais difícil de compor: “Todos são difíceis porque se trata de acessar e ser canal de uma outra frequência energética”.
  • Que novela gostaria que fosse reprisada: “A Gata Comeu”, da Globo, de 1985. “Christiane Torloni e Nuno Leal Maia estavam magníficos”.
  • Que papel gostaria de representar: “Adoraria fazer a nova versão de ‘Pantanal’”.
  • Filme: “Cisne Negro”, de Darren Aronofsky.
  • Autor: Fiódor Dostoiévski.
  • Diretor: José Luiz Villamarim.
  • Vexame: “Se preocupar com a opinião alheia”.
  • Uma mania: “Conversar com os meus gatos”.
  • Um medo: “Da solidão”.
  • Projeto: “O monólogo ‘A Hora do Boi’ com direção de André Paes Leme, texto de Daniela Pereira de Carvalho e direção de produção de Caio Bucker. Um projeto que trata da relação cruel e exploratória do homem com os animais. Um monólogo em que faço três personagens. Espero estrear em 2021”.

Publicidade